sábado, 26 de dezembro de 2009

6 ANOS DA NOSSA PRINCESA SARA DANUTA

MEUS PRIMOS AMADOS E MEU MANO DAVI, COMEMORANDO MEU ANIVERSARIO...

PIQUENIQUE COM MEUS PRIMOS NOS MEUS 6 ANOS...FELICIDADES PRINCESINHA...


LINDA, TE AMAMOS FILHINHA...6 ANOS DE ALEGRIA!!!


CASINHAAAAAA, O PRESENTE DA PRINCESA!!!




LOUVAMOS A DEUS POR SUA VIDA, FILHA QUERIDA, TE AMAMOS PARA SEMPRE!!!
Com amor Papai, Mam'ae e Davi.

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

É NATAL


O natal se aproxima...
Nesta época, de fato, sentimos que “o natal está no ar”...
São tantas lembranças;
Promessas de recomeços.
Lembro dos "natais" da minha infância;
Não conhecíamos trenó, nem bonecos de neve.
Sinceramente, também não entendíamos o significado do natal.
Minha família passava o ano trabalhando nas lavouras, mais para os outros, enquanto que para a nossa “roça”, restava pouco tempo,pouco dinheiro, pouco sustento...
Na época do natal, as lavouras de milho estão “floridas”, ou seja, os pendões majestosos mostram sua beleza com muito glamour.
Me lembro das ocasiões em que “o mato”(as pragas, ervas daninhas) insistiam em crescer, na mesma proporção que a plantação de milho.
Algo comum naquele contexto, era passar o natal com as lavouras limpas...
Como já disse, o nosso tempo era escasso, então, a exemplo de outros agricultores, carpíamos as pragas apenas na beira da estrada, Isto é, se as ruas da plantação de milho media aproximadamente 150 metros de comprimento, limpávamos de 20 a 30 metros, causando a ilusão a quem passava na estrada que a lavoura estava toda limpa.
Há poucos dias me lembrei desse fato e lamentei que muitas vezes, nossas vidas se pareça com a lavoura de milho da minha mãe na época de natal...
Limpamos nosso coração pelas beiradas, amamos apenas onde os olhos alcançam;
Queremos ser vistos , somos orgulhosos, mas é apenas fachada, se adentrarmos um pouquinho mais fundo no nosso ser, nos deparamos com ervas daninhas como a inveja, a soberba, falta de perdão, amargura...
Desejamos feliz natal para todo mundo, mas, o que significa o natal para mim?
Na minha infância, de algum modo, eu tinha esperança, especialmente nessa ocasião.
Não, não era expectativa de papai Noel, ganhar presentes, doces. Estas coisas não fizera parte da minha vida de criança.
A esperança que tinha, hoje compreendo, era o Espírito Santo me consolando e prometendo o Salvador...
Ele já havia nascido há tantos anos, eu apenas não o conhecia ainda...
Mas Ele já me conhecia...
Hoje, eu conheço o meu Jesus e sei que Ele se tornou homem e veio a este mundo para salvar eu e você.
Não podemos ser enganados pelo sistema capitalista que nos diz que natal é para dar e receber presentes, festas...
Percebamos o paradoxo, estábulo não se relaciona com o glamour do capitalismo.
Natal é uma aliança entre um Deus humilde e a humanidade!

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

O PAI PRÓDIGO


Refletindo sobre a passagem bíblica do filho pródigo, busco traçar um paralelo com “o pai pródigo”.
É real, o pai pródigo existe, ele é meu pai.
Havia um homem casado com uma linda mulher de estatura média, cabelos castanhos claros longos e olhos esverdeados; mãe de 5 meninas e um menino.
O homem em questão tinha posses como terra e gado, havia sustento para sua família, entretanto, o referido homem movido pela sensualidade, sempre desejava encontrar realização em outras “terras”...voltar seus olhos para outras mulheres além de sua esposa.
Almejando possuir uma terra, a qual não lhe pertencia, praticou um homicídio. Após cumprir a penalidade aplicada pela lei, não retornou ao lar, com posse da metade dos bens da família, continuou em busca de prazeres como mulheres, álcool, cigarro, farras, afinal era jovem e viril, galanteador e, ainda, tinha uma certa quantia em dinheiro...
Em uma possível visita de sua esposa quando ainda estava preso, originou-se mais uma menina.
Para este homem obstinado por “liberdade”, sua esposa e seus sete filhos não foram motivos para detê-lo.
Mais de 20 anos se passaram, e semelhante ao filho pródigo, o pródigo pai, gastou todo o seu dinheiro, as conseqüências do cigarro, do álcool, das farras começaram a aparecer juntamente com a idade mais avançada.
Chegou o momento que não era mais atrativo para as mulheres, a solidão repousou sobre sua vida.
Por alguma razão, os filhos do pai pródigo sempre o esperavam de volta ao lar, mesmo com a oposição da sofrida esposa.
Uma de suas filhas que tinha 9 meses quando papai saiu de casa, em pleno conflitos da adolescência encontrou outro PAI,e Este cuidou dela, tomou em seus braços,sarou suas feridas...
Mesmo com o Pai amoroso, a filha queria encontrar seu pai terreno, por isso pediu para seu Pai Celeste ajudá-la.
Numa tarde de sexta-feira, com muita euforia, duas filhas do pai (eu estava ansiosa) o -esperava na rodoviária da cidade em que sua família residia.
Derrepente ,emocionada, minha irmã aponta para alguém descendo com dificuldade do ônibus, e diz: - ali está ele, nosso pai!
Não! Eu não podia acreditar no que via, as poucas fotos que tinha em casa, e nas pequenas lembraças
Que eu cultivara, era de um homem bonito, forte...
Havia algum equívoco, é certo que os anos se passaram, mas seria mesmo meu pai, este homem sujo, bêbado, velho, cambaleando com uma mochila nas costas?
Não, eu não tive nenhuma das reações que o pai da parábola do filho pródigo teve, pelo contrário, meu coração se encheu de decepção, tristeza e dor...
Eu queria fugir dali, sair correndo.
Para meu alívio, ele não viera para ficar, então me arrependi das orações que havia feito para encontrá-lo e contei os dias para sua partida.
Em menos de um ano, recebemos a notícia de que ele havia sofrido um derrame e não teria mais condições de viver sozinho numa ilha onde passava seus dias com a pinga, a sujeira e a solidão.
Desta vez, o retorno do pai pródigo era definitivo.
Há 12 anos o nosso pai retornou para “casa”, sua esposa (que faleceu há quatro anos), liberou perdão, todavia, jamais o aceitou como esposo novamente.
Seus filhos, começaram intermináveis reuniões e discussões para definir quem cuidaria dele, fazer cronograma etc.
O pai pródigo não recebeu um anel no seu dedo, nem uma festa com o melhor churrasco, mas tornou-se um fardo para seus filhos já adultos, quase todos casados, com filhos, tabalho ente outros afazeres.
A situação piorou quando o pai pródigo perdeu uma de suas penas. Foi necessário amputá-la por conta de uma trombose.
Hoje as coisas parece que estabilizaram mais, papai recebe sua aposentadoria e mais a que era da mamãe, valor suficiente para pagar alguém que cuide dele.
Papai recebe visitas de todos os filhos e netos.
Alguns filhos 0-visitam com mais freqüência. Acredito que todos liberaram perdão a ele, entretanto, acredito que nenhum filho conseguiu estabelecer vínculo satisfatório a ponto de sentir saudade ou coisa parecida.
Há dois finais de semana, minha família e mais 3 de minhas irmãs fomos visitá-lo (ele mora numa casa em anexo coma casa de uma de minhas irmãs),ao se despedir, não tem como não sentir compaixão entre outros sentimentos.
É estranho ver alguém que abandonou tudo em busca de “liberdade”, preso numa cadeira de roda, sem voz, sem nada daquilo que lhe causava prazer.
Mas te tudo isto, resta uma esperança, é sim, para o papai pródigo, há esperança!
Em uma visita com um grupo de amigos e irmãos da igreja em que congrego, papai aceitou o apelo, aceitou Jesus!
Papai sabe que para nós filhos, ele é o “pai problema”, MAS , para Deus, ele é o legítimo filho pródigo, haja visto que conhecera Jesus na sua juventude e sabe, que as misericórdias do nosso Deus se renova a cada manhã.

“Eu, eu mesmo, sou o que apago as tuas transgressões por amor de mim e dos teus pecados não me lembro” (Isaías 43:25).









domingo, 13 de dezembro de 2009

PARTE 2 DE RETROSPECTIVA 2009


Em 2009, eu li na média de 1,5 livro por mês, estudei alguns deles, aprendi com todos.

Neste ano, eu vivenciei mais que nunca, o amor como atitude, além dos sentimentos.

Percebi que há pessoas que é simplesmente impossível de conviver, por conta da inconstância: um dia nos cumprimenta, um abraço, um aperto de mão; no dia seguinte, se comporta como se fossemos estranhos.

Aprendi que embora vivamos em sociedade, a opinião dos outros a nosso respeito deve ser avaliada, depois de bem diagnosticada, descartada se for necessário.

Descobri que eu amo ser “dona de casa”, exceto, passar roupas, cozinhar e tirar pó dos móveis.
Me convenci mais que nunca, que os títulos, são apenas títulos, mas as atitudes é que demonstram o verdadeiro caráter do ser humano;

Descobri também, que na obra de Deus, um título, pode ser um passaporte para permanecer no erro sem perceber.

Descobri que viver em santidade implica pagar um alto preço.

Vivenciei que o principal ministério é a família;

Chorei quando senti vontade; sorri quando tive motivo;

Não assisti nenhuma novela, não perdi meu tempo com programas televisivos que não me edificam;

Agradeci a Deus pelas lutas, porque as vitórias foram imensamente maiores.

Comecei o ano de 2009, certa de que a minha família (papai, mamãe, Sara e Davi)estava completa; hoje, 13-12-2009, não tenho tanta certeza assim. Cada dia que passa, percebo como é gratificante, edificante, (cansatificante mas alegretificante rsrsrs) ver crianças correndo pelo quintal, bagunçando a casa, acordando rindo ou chorando...irritados ou calmos, mas presente!
Mais um ano se finda sem a nossa almejada casa nova, talvez até ela acontecer, terá um quarto a mais...

Ah, descobri também que o coração as vezes nos engana...

Que há pessoas obstinadas pelo erro, pela ignorânca;

Outras, valorizam as obras que lhes dêem prestigio, caso contrário, “faço de qualquer maneira”.

Reencontrei três amigas da adolescência, me alegrei muito.

Não postei nada que não tenha sentido e vivido.

Vivenciei que há amigos mais chegados que irmãos;


Que o choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã;


Que nem tudo que reluz é ouro;


Contemplei os primeiros passoa do Davi, a escrita cursiva da Sara...



Fiquei feliz ao criar este blog e perceber que há pessoas que gostam de ler, de aprender, de partilhar...

Espero que no próximo ano eu seja uma pessoa melhor, aprenda mais, menos crítica, mais paciente, mais parecida com o Cridor.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

RETROSPECTIVA 2009

Acredito que nos últimos 10 anos, este, foi o que menos comprei e conseqüentemente, gastei menos, não que não há coisas para comprar, mas tive que priorizar e economizar;

Por alguns momentos senti falta de ir ao caixa eletrônico e sacar “o meu dinheiro”, resultado do meu trabalho;
Por vezes senti falta da responsabilidade de alfabetizar, avaliar,diagnosticar,encaminhar, ensinar, brincar, contar histórias numa sala de aula;
Mas em 2009, foi o ano que mais dormi, menos me preocupei com horários;




vivi momentos inesquecíveis
(o Davi orando)

Eu
apreciei a aurora...
Observei e acompanhei minha princesa brincar no quintal;
ler as primeiras palavras até a leitura fluente;
ouvi suas histórias;
contei histórias;

Ensinei, aprendi, amei, sorri...




Contemplei cenas inusitadas e hilariantes...

sem pressa...

só por prazer de viver... e ver


Por diversas vezes, acompanhei brincadeiras no meu quintal com as amiguinhas da vizinhança...
novamente, sem pressa...

pausa para foto






tarde descontraida com minhas heranças...
alegria de viver1






Eu contemplei e registrei o entardecer...

Adorei o Criador!







Não precisa pressa para tirar o pijama...

Temos o dia todo, vamos curtir!

"A VONTADE DO NOSSO DEUS É PERFEITA E AGRADÁVEL"

Valeu a pena obedecer, abrir mão do meu salário para ganhar e viver tantas coisas que o dinheiro jamais poderá comprar!

A Deus minha gratidão por este novo tempo na minha vida!

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

QUERO SER COMO CRIANÇA


Hoje, por sugestão da Sara (5 anos), almoçamos na mesinha dela em baixo de um pé de manga.
Após o almoço a Sara foi pra aula, eu com os meus afazeres, deixei o Davi(1 e 8 meses) brincando no quintal...
Aproximadamente 14:00h, eu estava lavando roupas, resolvi dar uma olhadinha nele...
Me deparei com uma cenas que me emocionou...
Parei e fiquei ouvindo uns "bla-bla-bla", percebi que ele estava num momento de oração.
Corri buscar a câmera e ainda consegui registrar este momento indizível...
E em alta e clara voz, ele concluiu a oração com um AMÉM!
Te agradeço Deus, porque vejo a tua atuação na vida da minha família!
E TODOS OS MEUS FILHOS SERÃO ENSINADOS DO SENHOR; E A PAZ DE MEUS FILHOS SERÁ ABUNDANTE (Isaias 54.13).

sábado, 28 de novembro de 2009

TEMPESTADE DE IDÉIAS


Eu respeito a língua portuguesa; sei que um texto deve ter começo, meio e fim, deve ter coerência e coesão e mais um punhado de coisas, entretanto, estou a fim de desabafar, misturar pensamentos (tempestade de idéias).
Vou começar falando de algo que sempre observei e nos últimos dias tem intensificado ao meu redor. Trata-se das pessoas que gostam de você, da sua presença, desde que você concorde com elas em tudo, ou seja compactua com atitudes que muitas vezes está nítido que vai contra a palavra de Deus.
Sabe aquela amiga que você sabe que se ela continuar agindo de “tal” forma vai destruir a família, mas para ser queridinha dela, para não criar situações embaraçosas, você deixa pra lá, jamais ousa exortá-la, ou quem sabe confrontá-la se necessário?
Já viu pessoas “maduras” agir como adolescentes para serem amigas deles e aceitas pelos mesmos? Geralmente são pessoas carentes que precisam da aceitação, elogio para estarem “felizes”? O pior de tudo é que mesmo tendo a função de ensiná-los, faz vista grossa para atitudes que merecia um conselho ou algo mais?
É ridículo presenciar líderes, obreiros se portar com meninice para “se garantir” ser queridinho(a), sabe, usa de esforço próprio e maquia a realidade?
É lamentável que pessoas que deviam ser exemplo no trato, no amor , na responsabilidade, no exemplo....agie de igual para igual com crianças e adolescentes e jovens visando a simpatia dos mesmos.
Qual o problema nisso?
O problema é que há gerações doentes, vivendo um evangelho superficial, sem responsabilidade, deixando a fé...porque o evangelho fácil não cria estrutura resistente capaz de suportar os ventos fortes da vida.
E ainda, quando alguém busca ir além da superficialidade, este é chamado de “crente demais”.
É muito bom ser amado e ser aceito, mas sabemos que quando levamos as pessoas a rever seus conceitos, confrontamos suas motivações, nem sempre somos bem vistos por todos...
O apóstolo Paulo soube muito bem disso e nos dá uma lição através da carta aos coríntios 12.15 onde afirma: "Eu de muito boa vontade gastarei, e me deixarei gastar pelas vossas almas, ainda que, amando-vos cada vez mais, seja menos amado."
Não devemos considerar negativo quando somos considerados “sérios demais”, “crentes demais”, (desde que não sejamos legalistas), devemos nos alegrar, pois para compactuar coma sensualidade, com o pecado, já tem a mídia, a sociedade secular. Nós fomos chamados para fazer diferença, ensinar o que está na Bíblia e não para colecionar ‘amiguinhos” sendo permissivos.
Não é errado ter muitos e bons amigos, eu sou grata a Deus porque o calor da amizade nunca me faltou, todavia, há diferença entre amizades seladas na justiça, no amor, na verdade e na sinceridade daquelas rodinhas de festança, de descontração momentâneas, de sorrisos forjados, de vista grossa para o erro...
Eu considero que é "Melhor é ouvir a repreensão do sábio do que ouvir a canção do insensato" (Eclesiastes 7:5). O amigo verdadeiro nos corrige, e a pessoa sábia procura ter amigos com coragem e convicção para a repreender quando for necessário. Por outro lado, o insensato evita pessoas que corrigem e criticam, procurando aprovação acima de sabedoria. "O escarnecedor não ama àquele que o repreende, nem se chegará para os sábios... O coração sábio procura o conhecimento, mas a boca dos insensatos se apascenta de estultícia" (Provérbios 15:12,14). Ninguém gosta de ser corrigido, mas todos nós precisamos de amigos que nos amam tanto que mostram os nossos erros: "Melhor é a repreensão franca do que o amor encoberto. Leais são as feridas feitas pelo que ama, porém os beijos de quem odeia são enganosos" (Provérbios 27:5-6).
BEM, agora eu vou mudar de assunto, vou escrever algumas caracerísticas de pessoas, especialmente mulheres fúteis...mas para que até eu mesma não me canse, vou postar no outro blog hehe, http://www.mulher-unica.blogspot.com/.

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

JOANA PRADO E AS MARCAS DO PASSADO


Joana Prado chora de vergonha na TV ao ver imagens suas de Feiticeira. Joana Prado chorou num programa de TV ao perceber que o apresentador iria exibir imagens do tempo em que dançava como a Feiticeira do extinto "H", de Luciano Huck, e de suas fotos nuas na "Playboy".
Joana estava com o marido, o lutador Vitor Belfort no programa "TV Diário", de João Inácio Jr, que vai ao ar apenas no Ceará. A modelo, visivelmente constrangida, fez um apelo, com a voz embargada, para que seu passado não fosse explorado no programa. "Me sinto constrangida quando me vejo dançando porque minha história hoje em dia é totalmente diferente", disse a loura, que hoje se converteu à religião evangélica. "O que eu quero mostrar para todo mundo é a minha mudança, a minha conversão. Se vocês pudessem me respeitar eu gostaria que vocês não mostrassem imagem de Feiticeira ou foto de 'Playboy' porque vou me sentir mal." Ainda bastante emociada, Joana contou que um de seus filhos chegou a indagá-la sobre seu passado como Feiticeira. "Tenho um passado, tenho uma história como Feticeira, mas o que quero deixar bem claro é que eu tenho mais coisas bacanas para mostrar. Tenho três filhos e não quero que a referência deles seja essa. Outro dia meu filho falou 'ah, mamãe, você dançava de biquíni?', mas hoje eu vivo outra história."
(RETIRADO DE "O GLOBO")

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

BLOG AMIGO...

Eu ganhei este selo da amiga Luciana do blog " A ARTE DE COZINHAR...", recebi a incubência de repassar para 10 blogs amigos e quem receber deverá fazer o mesmo. O objetivo é socializar informações e amizade.
Aqui esta a lista dos 10 blogs amigos:
1-amor em ensinar- plantando a boa semente
2- bete.blog
3- dicas de mulher virtuosa
4- dilemas de Ellen
5 - Francielle de dentro para fora
6 - Marcia do Rafa
7 - meu cantinho
8 - mulher virtuosa
9 - nossa princesa Giovana
10 - versos soltos...palavras certas

terça-feira, 17 de novembro de 2009

O VALOR DA VIDA


Há alguns meses, o médico me advertiu da necessidade de um procedimento cirúrgico.
Mesmo sabendo da necessidade, fiquei protelando. Esperei passar o retiro dos adolescentes, o casamento de uma amiga...
Ontem, 16 – 11 – 2009, abri mão de um jantar muito abençoado, promovido pelos Gideões Internacionais (instituição da qual fazemos parte). Na verdade não Foi apenas um jantar, mas um culto, uma confraternização com os pastores e suas esposas de todas as igrejas que tem membros que fazem parte dos gideões.
É, não deu mais para adiar, e ontem as 13:30h, submeti ao referido procedimento.
Não se trata de uma cirurgia de risco, mas considerando que nunca na vida, exceto as duas vezes que dei a luz, nunca havia sido internada, confesso que fiquei um tanto apreensiva.
Foi estranho, sair da sala de cirurgia sem choro de bebê rsrsrsrs, passar a noite com o quarto em silêncio...
Nesta ocasião, aproveitei o tempo para refletir sobre o valor da vida. Por mais simples que foi a cirurgia, não ousei a ir para o hospital sem fazer uma auto – avaliação, sem conversar e confessar para o PAPAI, cada medinho, toda insegurança, qualquer incerteza...
Não é exagero, somos mortais e, não sabemos quantos dias temos para viver aqui na terra.
Sou consciente de que temos que estar preparados constantemente. Antes da referida cirurgia, tive tempo de orar..., mas sei que nem sempre haverá tempo...
A cirurgia foi um sucesso, glória a Deus por isso, o resultado superou as expectativas até do médico.
A noite que passei fora de casa, sem minha família, me valeu de reflexão, de saudade e um

questionamento: QUANDO CHEGAR A HORA, ESTAREMOS PRONTOS PARA DEIXAR NOSSO LAR TERRENO?

domingo, 15 de novembro de 2009

HUMILDADE X ORGULHO

Você já deve ter ouvido muitas vezes a palavra humildade, não é mesmo? Essa palavra é muito usada, mas nem todas as pessoas conseguem entender o seu verdadeiro significado. O termo humildade vem de húmus, palavra de origem latina que quer dizer terra fértil, rica em nutrientes e preparada para receber a semente. Assim, uma pessoa humilde está sempre disposta a aprender e deixar brotar no solo fértil da sua alma, a boa semente. A verdadeira humildade é firme, segura, sóbria, e jamais compartilha com a hipocrisia ou com a pieguice. A humildade é a mais nobre de todas as virtudes pois somente ela predispõe o seu portador, à sabedoria real. O contrário de humildade é orgulho, porque o orgulhoso nega tudo o que a humildade defende. O orgulhoso é soberbo, julga-se superior e esconde-se por trás da falsa humildade ou da tola vaidade. Alguns exemplos talvez tornem mais claras as nossas reflexões. Quando, por exemplo, uma pessoa humilde comete um erro, diz: "eu me equivoquei", pois sua intenção é de aprender, de crescer. Mas quando uma pessoa orgulhosa comete um erro, diz: "não foi minha culpa", porque se acha acima de qualquer suspeita. A pessoa humilde trabalha mais que a orgulhosa e por essa razão tem mais tempo. Uma pessoa orgulhosa está sempre "muito ocupada" para fazer o que é necessário. A pessoa humilde enfrenta qualquer dificuldade e sempre vence os problemas. A pessoa orgulhosa dá desculpas, mas não dá conta das suas obrigações e pendências. Uma pessoa humilde se compromete e realiza. Uma pessoa orgulhosa se acha perfeita. A pessoa humilde diz: "eu sou bom, porém não tão bom como eu gostaria de ser". A pessoa humilde respeita aqueles que lhe são superiores e trata de aprender algo com todos. A orgulhosa resiste àqueles que lhe são superiores e trata de pôr-lhes defeitos. O humilde sempre faz algo mais, além da sua obrigação. O orgulhoso não colabora, e sempre diz: "eu faço o meu trabalho". Uma pessoa humilde diz: "deve haver uma maneira melhor para fazer isto, e eu vou descobrir". A pessoa orgulhosa afirma: "sempre fiz assim e não vou mudar meu estilo". A pessoa humilde compartilha suas experiências com colegas e amigos, o orgulhoso as guarda para si mesmo, porque teme a concorrência. A pessoa orgulhosa não aceita críticas, a humilde está sempre disposta a ouvir todas as opiniões e a reter as melhores. Quem é humilde cresce sempre, quem é orgulhoso fica estagnado, iludido na falsa posição de superioridade. O orgulhoso se diz céptico, por achar que não pode haver nada no universo que ele desconheça, o humilde reverencia ao criador, todos os dias, porque sabe que há muitas verdades que ainda desconhece. Uma pessoa humilde defende as ideias que julga nobres, sem se importar de quem elas venham. A pessoa orgulhosa defende sempre suas ideias, não porque acredite nelas, mas porque são suas. Enfim, como se pode perceber, o orgulho é grilhão que impede a evolução das criaturas, a humildade é chave que abre as portas da perfeição. ...................... Você sabe por quê o mar é tão grande? Tão imenso? Tão poderoso? É porque foi humilde o bastante para colocar-se alguns centímetros abaixo de todos os rios. Sabendo receber, tornou-se grande. Se quisesse ser o primeiro, se quisesse ficar acima de todos os rios, não seria mar, seria uma ilha. E certamente estaria isolado.

Texto da equipe da redação do site www.momento.com.br
Pastor Elcy França

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

UMA AMIZADE REAL E IDEAL FELIZ ANIVERS[ARIO MARCIA


Uma amizade ideal e real
A aniversariante de hoje e seu filh'ao Rafael
Nossa amizade não nasceu pautada em interesses;
Nossa amizade surgiu no momento em que parecia não termos nada para oferecer uma a outra;
Só parecia, assim pensávamos; mas Deus sabia que nossas experiências, fracassos, desamores serviriam de ponte para uma grande amizade.
Digo GRANDE AMIZADE, sem medo de errar, pois é ENORME a nossa amizade.
Nossa amizade é brilhante porque já foi lapidada, testada e selada.
Nossa amizade é nobre porque não precisamos concordar tudo com a outra para sermos amigas;
Não precisamos fingir compreensão ou companherismo porque temos liberdade de dizer uma para a outra: quero ficar sozinha, não quis te ligar, não concordo com você, você pisou na bola, achei chato o quê você fez, amo você, te admiro, apreendi isso com você...
Outra marca da nossa amizade, é que podemos ter amizade com outras pessoas sem comprometer a nossa...é, esta amizade não é enfadonha, não é ciumenta auauhauas...
E nos vários anos que perdura a nossa amizade, crescemos bastante né?
Hoje, não precisamos nos ligar toda hora, todo dia e/ou por qualquer coisa.
Crescemos na vida com Deus e hoje compreendemos que Ele é o nosso melhor e imprescindível amigo.

E hoje nega, que é seu aniversário, é um dia especial pra te dizer maaaais uma vez, o quanto você e importante, não só pra mim, mas para toda minha família, todos te amam, te respeitam e te admiram.
Então desejamos que os sonhos de Deus se realize na sua vida, muitos já estão sendo realizados, contemplamos isto.
Vemos Deus na sua vida, nos alegramos por tudo que o Senhor já fez e por tudo que ainda fará.
É certo que a
“nossa amizade vai invadir as portas da eternidade”...
Procurei uma canção ou poesia pra retratar nossa amizade, optei por minhas palavras, haja vista que são reais para uma amizade real.
FELIZ ANIVERSÁRIO AMIGA! COM TUDO DE BOM QUE VOCÊ MERECE.

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

l º ENCONTRO DE PRINCESAS


Olá pessoal, estou de volta!
Fiquei de postar sobre as bênçãos do 7º APRISCO TEEN e do l ENCONTRO DE PRINCESAS ocorrido nas datas de 29 – 10 a 02 – 11 – 2009.
Então, muitas coisas abençoadas ocorreram, tanto no APRISCO quanto no ENCONTRO DE PRINCESAS, mas vou postar por partes.
Pelos depoimentos e e-mail que recebi, percebo que há pessoas querendo saber de tudo mas especialmente do ENCONTRO DE PRINCESAS (acredito que por ser novidade).
Hoje eu vou postar sobre a FESTA DAS MENINAS e o próximo post será sobre o APRISCO em geral.
Antes quero falar um pouquinho de mim. Durante este evento eu e minha família fomos muitíssimos abençoados, ainda que ouve situações contrárias do tipo: nosso filhinho Davi de um ano e sete meses ficou muito febril, tivemos que levá-lo no pronto-socorro por duas vezes. A primeira vez, a febre era tanta e aumentava com tanta rapidez que colocaram ele na frente das demais crianças que estavam ali para ser atendidas. Segundo a médica quase que ele teve convulsão.
Não ficou internado e voltamos para o APRISCO. Minha alma estava eufórica, alegre com o meu Deus, mas meu corpo físico, estava esgotado, só pela graça, fiquei em pé, haja visto que o Davi só queria colo e dificilmente ficava um pouquinho com alguém que n'ao fosse eu. Era madrugada quando íamos para cama e ele cochilava um pouquinho e acordava resmungando. Resultado: somando o cansaço da preparação para o evento + a enfermidade do Davi + ocorridos, fiquei exausta. E por vezes quase perdi a paciência com ele e com mais alguns. (já me consertei com ele ... rsrsrs). Eu queria ter sorrido mais, ter aproveitado mais, ter amado mais, ter tido mais compreensão, ter sido mais flexível, mais, mais, mais e mais....MAS, fiz o POSSÍVEL e o IMPOSSÍVEL, DEUS FEZ, GLÓRIA AO PAI!
Quanto ao PRIMEIRO ENCONTRO DE PRINCESAS, este evento superou minhas expectativas!
As princesas estavam lindas, seus pais também se arrumaram para o encontro.
Uma van transportou as princesas até o salão de festa onde seus pais (só o pai) , ansiosos aguardaram a chegada delas. Elas sabiam que teriam uma noite diferente, só não sabiam com seria, nem que os príncipes (pai de cada uma) estariam lá.
Houve um cerimonial, entrada, tapete vermelho, violino, violão, música, flores...palestra, Buffet...e cada pai levou um presente para sua princesa.
Na verdade, faltou um pai. Conversei com a adolescente, contei a ela o que estava ocorrendo, deixei ela opinar se queria ir, participar da entrada igual as demais...
Ela optou por entra como as outras, chorando, mas de cabeça erguida, adentrou o salão...
Pelos depoimentos que ouvi depois, ficou claro que Deus usou esta situação para tocar na vida de pais que ao ver o que uma ausência promove, ficaram comovidos e com certeza , repensaram seu relacionamento, tempo, diálogo e tempo de qualidade com suas princesas.
A mensagem, com muita unção e sabedoria tocou corações...
As músicas entoadas, tocadas, simplesmente nos emocionou.
A emoção daquela noite, não tem como descrever, simplesmente foi uma benção.
Mais que um jantar, uma festa, ouve restauração, cura e fortalecimento de vínculos.
Toda Glória e Honra ao nosso Deus, pois tudo é Dele, Por Ele e para ELE.

sábado, 24 de outubro de 2009

A PLATÉIA ESTÁ DORMINDO

Hoje, quando meu esposo saiu´para o trabalho, ele se deparou com a explêndida aurora, me chamou para contemplar-la e eu resolvi registrar através destas fotos...

Olhamos para as ruas, casas não vimos ninguém além de nòs...
O espetáculo estava acontecendo; a platéia estava dormindo...

Então pensei:quando nossos esforços são vistos com indiferença, ou ignorados, ou ainda mal interpretados não devemos ficar triste, nem desanimar...

Se ao explendor de tanta beleza como esta aurora, a platéia continua dormindo, por que aplaudiriam nossos feitos, haja visto que somos imperfeitos, pecadores, limitados e, simplesmente humanos?
A platéia está alheia, não apenas da bela criação, mas muitos, estão dormindo e ausente do próprio Criador.
Jesus deixou sua Glória, seu explendor para se fazer homem e morrer por mim e por você...
Até quando vai continuar dormindo? Jesus morreu por você!


quinta-feira, 22 de outubro de 2009

7º APRISCO TEEN


Olá amados amigos, irmãos e leitores: esta semana dificilmente postarei alguma coisa.

O motivo é que estou assoberbada de afazeres, claro que por uma boa causa.

Falta apenas uma semana para o retiro dos adolescentes da minha igreja e por mais que tentamos nos organizar, acaba ficando um monte de coisas pra "última hora".

Continuarei vistando vocês, até porque, ler vossos posts, geralmente me fortalece e para mim, já é hábito.

Quando voltarmos do APRISCO, postarei contando as grandes bençãos que o Senhor derramará.


A paz de Cristo a todos, AQUELA PAZ QUE EXCEDE TODO ENTENDIMENTO!

domingo, 18 de outubro de 2009

NAS ENTRELINHAS DA VIDA

"Todas as palavras tomadas literalmente são falsas. A verdade mora no silêncio que existe em volta das palavras. Prestar atenção ao que não foi dito, ler as entrelinhas. A atenção flutua: toca as palavras sem ser por elas enfeitiçada. Cuidado com a sedução da clareza! Cuidado com o engano do óbvio!"
Rubem Alves
No meu tempo de faculdade eu conheci e continuo apreciando os textos de Rubem Alves (pensador, psicanalista, professor, escritor, poeta...). E para tanto, tive uma professora que nos motivava a conhecer boas produções como a do referido autor, bem como nos estimulava a ler ler as entrelinhas dos textos, das figuras, da vida.
(saudades da amada professora Indiamara).
Na verdade, a vida também me ensinou a fazer a leitura de mundo.
Hoje, não leio apenas palavras, figuras óbvias, aprendi a ler as entrelinhas!
Não sou mais "inocente", ou deixei de ser ignorante sobre muitas questões da vida?
As vezes tenho dúvida se é bom fazer uma leitura mais apurada.
Lamento, quando leio as entrelinhas de alguns textos, de fotos expostas no orkut, de comentários das mesmas, de comunidades, de vídeos, de comportamentos, de falta de amor, de ausência de compaixão, de carência de humildade.
Fico triste de saber que muitos professores, pais, pastores, líderes são analfabetos na leitura das entrelinhas. São, ou fazem de conta que são?
Tudo em nome da modernidade, da moda, da vaidade, da idolatria.
Não sou radical, nem extremista, apenas não mudo o nome do pecado para "problemas" e leio as entrelinhas das situações!
"A alma é uma borboleta...há um instante em que uma voz nos diz que chegou o momento de uma grande metamorfose..."Rubem Alves"

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

O SOL NASCE PARA TODOS



Diante de alguns acontecimentos nos últimos dias, bem como comentários a respeito dos cristãos envolvidos, me permiti refletir sobre situações como: por que há pessoas que não alcançam o que almejam? Por que mulheres que tem condições financeiras, emocionais e espirituais não podem ser mãe, enquanto outras abandonam seus filhos e/ou não tem condições de cuidar, de educar a criança?
Uma tempestade violenta atingiu minha cidade ontem, resultou em muitas casas destelhadas, árvores, placas arrancadas.
Antes da tempestade eu fui com meus filhos visitar uma amiga, antes de sair de casa fiz uma oração, pedi a Deus proteção sobre a nossa casa. Esta é frágil e não demonstra segurança mediante elevada tempestade.
Quando retornamos, havia galhos, folhas em todo o quintal. Dentro de casa tudo estava perfeitamente como deixamos. Imediatamente me lembrei da minha oração e me alegrei até testemunhei para uma amiga.
Eu creio sim na proteção de Deus, mas sobre o que pensei a respeito da minha oração, fiquei meio confusa e até envergonhada na seqüência.
Será que eu sou tão especial, mais especial que a viúva que mora com seus três filhos pequenos num barraco da favela próxima daqui, que a minha casa foi poupada enquanto ela e seus filhos ficaram ao relento?
”...PORQUE ELE FAZ NASCER O SEU SOL SOBRE MAUS E BONS, E FAZ CHOVER SOBRE OS JUSTOS E INJUSTOS” (MT 5.45). Me lembrei deste versículo e compreendi que do mesmo modo que a chuva cai sobre a fazenda do cristão, ela cai também sobre a fazenda do ateu.
Precisamos renovar nossa mentalidade cristã, se temos alguma coisa de bom, se somos poupado em algumas situações, não é porque somos bonzinhos, e sim, pelas infinitas misericórdias do nosso Deus. É só por conta destas misericórdias que não somos consumidos!
Somos imperfeitos e vivemos num mundo imperfeito, logo estamos sujeitos a tragédias, mesmo sendo cristãos.
Quando vemos a tragédia na vida do nosso irmão não devemos julgar, questionar se há pecados não-confessados. Há quem afirma que é a mão de Deus sobre aquela pessoa.
É óbvio que nossos pecados tem conseqüências, devemos confessar e nos arrepender, entretanto, a palavra de Deus nos assegura que “...HÁ JUSTOS QUE PERECE NA SUA JUSTIÇA, E HÁ PERVERSO QUE PROLONGA SEUS DIAS NA PERVERSIDADE”( Eclesiaste 7.15).
E ainda: “DEUS NÃO NOS TRATA SEGUNDO NOSSOS PECADOS, NEM NOS RETRIBUI CONFORME AS NOSSAS INIQUIDADES” (Sl 103.10).
Isaías 64.6 diz que nossas justiças são como trapos de imundícia, portanto, não nos garante nada.
Devemos ter consciência que nossos pecados tem conseqüências, todavia, independente da origem, ou forma de pecados, não estamos livres de sofrer tragédias.
É evidente que o plano original de Deus é que não sofrêssemos, mas, por conta do pecado ficamos expostos a dores e tristezas.
Mas, quem pecou?
Todos nós : “ PORQUE TODOS PECARAM E DESTITUIDOS ESTÃO DA GLÓRIA DE DEUS; SENDO JUSTIFICADOS GRATUITAMENTE PELA SUA GRAÇA, PELA REDENÇÃO QUE HÁ EM CRISTO JESUS” (Rm3.23-24).

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

SENSUALIDAE X INTELIGÊNCIA

“ A sensualidade, o vinho, e o mosto, tiram a inteligência” ( Os 4:11).

Estou estudando o livro “A Face Oculta Do Amor: Desmascarando O Espírito De Sensualidade” e me deparei com este versículo e também com uma interpretação coerente por parte do autor.

De acordo com o versículo, embriaguez e sensualidade se equiparam, ambas transtorna a pessoa “ UMA DAS PIORES CONSEQÜÊNCIAS DA SENSUALIDAE É A INCONSEQÜÊNCIA. ELA CAUSA ESPIRITUALMENTE NA ALMA DAS PESSOAS A MESMA INCONTINÊNCIA, O MESMO DESENFREAMENTO QUE A BEBIDA ALCOÓLICA CAUSA NA RAZÃO HUMANA” (Marcos de Souza).

Meu Deus! Que falta de inteligência no mundo, inclusive dentro das igrejas!

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

EU POSSO, MAS...

Eu posso ir dormir agora, mas não me convém, há o risco de não dar conta das minhas tarefas diárias.
Eu posso ter uma conta no facebook, até criei uma, mas não me convém. Nem os recadinhos no Orkut eu consigo responder no tempo que gostaria. Preciso compreender que mais um site de relacionamento importado diretamente dos EUA é apenas mais uma forma de consumismo, o Orkut, no momento é suficiente. Não creio que seja pecado, só não me convém no momento, preciso de mais tempo com minha família, para estudar, orar, inteceder...
O twitter, do mesmo modo, eu posso, mas não me convém.
Eu posso comprar um perfume da famosa marca Calvin Klein, mas não me convém. Eu me recuso gastar meu dinheiro com uma marca que deliberadamente utiliza propagandas quase pornográficas para aumentar seu capital.
Eu posso assistir novelas, mas não me convém.
Eu posso deixar meus filhos na frente da televisão de forma indiscriminada, mas não me convém.
Eu posso parecer mais moderna para ser mais “agradável”, mas não me convém.
Eu posso guardar minhas opiniões, minhas preocupações só para mim, mas não me convém ficar calada enquanto o mundo perece.
"Todas as coisas me são licitas mas eu não me deixarei dominar por nenhuma” (1 Corintios 6.12).

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

DEVEMOS ORAR PELA INDONÉSIA

Indonésia pede ajuda após terremoto, e Filipinas é ameaçada por "supertufão"
SUDESTE ASIÁTICO - A Indonésia pediu nesta sexta-feira ajuda ao mundo, dois dias depois de um violento terremoto que pode ter deixado milhares de mortos. As Filipinas, por sua vez, se preparavam para a chegada de um "supertufão" ao arquipélago, já atingido pela passagem do tufão Ketsana.
O balanço provisório do terremoto de intensidade de 7,6, que na quarta-feira abalou a cidade de Padang, oeste da ilha de Sumatra, deve superar os 1.100 mortos, segundo a ONU.
As autoridades indonésias já confirmaram a morte de 777 pessoas, mas acreditam que o número de mortes deve ser de milhares.
"Há muitas pessoas soterradas sob os escombros", explicou a ministra da Saúde, Siti Fadilah Supari, em Padang, reconhecendo que as equipes de resgate encontram muitas dificuldades para localizar possíveis sobreviventes.
"A Indonésia precisa do apoio dos países estrangeiros e de equipes de socorro experientes", acrescentou.
"Dois dias depois do terremoto, a possibilidade de encontrar pessoas com vida é muito escassa", admitiu Djazuli Ambari, secretário-geral da Crescente Vermelho indonésia, que enviou 50 profissionais de saúde.
Há casos como o de Ratna Kurnia Sari, uma jovem de 20 anos que há dois dias espera ser salva das ruínas de sua escola. Do lado de fora, sua irmã, Indra Vijaya, 29 anos, espera angustiada. "Os socorristas conseguiram falar com ela, mas as operações demoram muito e tenho medo que ela morra", afirmou, lamentando a falta de equipamentos.
Enquanto a Indonésia conta seus mortos e tenta resgatar os sobreviventes, os filipinos tremem ante a ameaça de uma nova catástrofe natural, o "supertufão" Parma, que se aproxima ameaçador do arquipélago.
Manila e arredores já ficaram submersos em 26 de setembro por um mar de água e barro causado pela tempestade tropical Ketsana, que deixou mais de 400 mortos no Sudeste Asiático, sendo que 293 nas Filipinas.
Parma ameaça em particular 1,8 milhão de pessoas que estão no trajeto dos fortes ventos do tufão, alertou a Agência de Coordenação de Assuntos Humanitários da ONU. O Parma gera ventos de até 195 km/h com rajadas de 230 km/h, e poderá atingir a região a partir da madrugada de sábado.
No Laos e Vietnã, as autoridades continuavam contando os mortos da passagem do Ketsana, que, ao deixar as Filipinas, ganhou força e virou tufão. Segundo o balanço mais recente, 16 pessoas morreram no Laos, 99 no Vietnã e 17 no Camboja.
Por fim, um novo terremoto, de intensidade 6,3, foi registrado nesta sexta-feira no Pacífico Sul, diante das ilhas Tonga e Samoa, dois dias depois do potente terremoto ocorrido na zona e de um tsunami que deixaram 155 mortos, segundo o Instituto de Geofísica americano (USGS).
Fonte: SOS Global

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

O VINHO E O ODRE


É maravilhoso quando contemplamos e fazemos parte de um culto pentecostal abençoado, entretanto, o verdadeiro avivamento começa no coração do homem, no meu e no seu interior.
O evangelho na verdade, não é a manifestação de poder num culto, e sim um estilo de vida que o cristão deve vivenciar de segunda a segunda-feira.
De acordo com Marcos de Souza Borges (escritor cristão),”O VINHO NOVO SIMBOLIZA A MANIFESTAÇÃO DE DEUS, MAS O ODRE SOMOS NÓS”.
Então percebemos que se o odre estiver estragado, será em vão o derramamento do vinho.
Compreendo que o verdadeiro avivamento ao começar no nosso coração, a nossa família, inevitavelmente será contemplada com o poder de Deus.
Será que a sua família está provando da mesma unção derramada na igreja através de sua pregação, do seu louvor, do seu exemplo?
“ENQUANTO O VINHO NOVO REPRESENTA UM ENCHIMENTO DE DEUS, O ODRE NOVO É O SÍMBOLO DE UMA PERSONALIDADE CURADA, UMA CONSCIÊNCIA PURA, UM PASSADO RESOLVIDO E UM FUTURO PROMISSOR” (Marcos de Souza Borges).
Quando o vinho novo é colocado em odres velhos, o avivamento é mecânico e só dura no culto de domingo a noite. Na segunda-feira volta-se ao estilo de vida do mundo, sem graça, sem bom testemunho, sem visão, sem perspectiva...
“ Não se deita vinho novo em odres velhos; ao contrário se rebentam, derrama-se o vinho, e os odres se perdem; mas deita-se vinho novo em odres novos, e assim ambos se conservam” (Mt 9.17).
Muito se fala do poder de Deus (do vinho) nos púlpitos, porém, pouco se fala do (odre), isto é, pouco se fala de cura da alma, de confissão de pecados, de transformação de caráter...
Devemos estar atentos, uma vez que a preservação do vinho depende do odre, este deve suportar o mover do espírito e conservar a unção.
Ousemos ser odre nas mãos do Senhor!
“Assim diz o Senhor Deus de Israel: TODO ODRE SE ENCHERÁ DE VINHO(Jr 13.12).

terça-feira, 29 de setembro de 2009

A FACE OCULTA DO AMOR



TODOS PAIS DEVERIAM LER...

Este livro de caráter didático é um estudo biblíco detalhado sobre um tema que sempre esteve em pauta por ser a essência do conceito da moda.


Sensualidade é um dos artifícios mais estratégicos de batalha espiritual que tem combatido contra o corpo de Cristo.“A Face Oculta do Amor” não será mais oculta a você depois de conhecer estas realidades.
A Face Oculta do Amor - Marcos de Souza Borges

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

OS SONHOS DE DEUS EST'AO ALEM DA MEDIOCRIDADE

Eu renuncio os meus sonhos;
Quero viver os sonhos de Deus pra mim.
Há muito tempo eu não digo mais a ninguém: “que os teus sonhos se realizem”!
Todavia , meu sincero desejo é que OS SONHOS DE DEUS se realizem na minha e na sua vida!
Os pensamentos de Deus são mais altos do que os nossos, diz a palavra (Isaías 55.9), logo, compreendo que os sonhos Dele são mais altos do que os meus...
É até fácil escrever, falar sobre entrega, mas viver a real entrega, deixar de passar tempo imaginando aquilo que você almeja, ahah, não é fácil...
Estou passando por isso no momento, a entrega do meu sonho de cursar o mestrado.
As inscrições estão abertas, as vagas aumentaram de 10 para 20..., eu tenho quase todos os textos em mãos...
Falta-me tempo e coragem de explorar mais a “doutrinação” marxista.
Não, eu não tenho mais medo de confusão, mistificação...a palavra de Deus jamais será substituída no meu coração, disto tenho convicção!
O meu Papai do Céu também não me disse que não devo fazer um mestrado, entretanto, compreendo que ainda não é o tempo, não sei se haverá tempo.
Enquanto isso, Deus está me preparando para viver os sonhos Dele!
Não posso e não quero mais viver na mediocridade !
Eu quero ir além, voar com o Pai nas asas da fé;
Quero fazer diferença na vida dos meus filhos;
Na minha família;
Na minha igreja;
Na sociedade!
Quero ser ponte para os meus amigos;
Quero ser luz na escuridão;
Quero fazer valer o perdão;
Vou amar os meus inimigos;
Vou me alimentar mais da palavra de Deus;
Vou buscar a sua direção!
Viver na média já não me satisfaz, eu quero ir além...
Porque é no “além”do nosso alcance;
Da nossa visão;
Das nossas possibilidades;
Das nossas forças;
Dos nossos pensamentos;
Dos sentimentos;
Do nosso querer;
Do nosso ser...
É que podemos viver os SONHOS DE DEUS!

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

PROCURA-SE UM CASAL PERFEITO


Nos últimos anos, especialmente em 2009 eu tenho ouvido várias mulheres ansiosas por cursos pra casais. Algumas acreditam que seus casamentos são bons mas gostaria de melhorar. Outras, profundamente machucadas, sem forças para prosseguir, totalmente sem ânimo.
Entre as mulheres que aguardam ensinamentos pertinentes ao casamento, à família, estou eu.
Pelo fato de não ter ensinamentos sistemáticos nesta área na denominação a qual pertenço, procurei ensinos em outra denominação, embora o ensino o qual cursamos não tem uma denominação (igreja) específica. O referido curso é da UNIVERSIDADE DA FAMÍLIA e 100% Bíblico.
Mas voltando ao assunto, muitas mulheres aguardam a implantação de algo semelhante na nossa igreja , alias, não só mulheres, há homens também interessados no assunto.
Todavia, percebemos através da fala angustiada de várias pessoas, principalmente as mais interessadas, uma busca minuciosa por um casal para ministrar os demais casais.
Trabalho árduo, uma vez que procura-se um casal perfeito, ou, quase perfeito que seja.
Como não existe casal perfeito, a busca continuará, talvez até Jesus voltar.
Para que seja bem entendido, sou eu que não creio que exista casal perfeito, (mas sim, casais há que buscam atingir o plano de Deus para o casamento) sei que muitas pessoas acreditam que há dois ou três por aí...
Bem, o fato de não me enquadrar nos que buscam o casal perfeito, não significa que não tenho parâmetros para tanto: só para iniciar, devo afirmar que n'ao acrescentaria nada para meu casamento sermos (eu e meu esposo) ministrados por apenas um cônjuge (penso que sempre, sem exceção deve ser o casal) .
Eu sei que quem transforma é o Espírito Santo através da Santa Palavra, entretanto, eu tenho preocupação com situações em que alguns casais são apontados como perfeitos ou ideais, não por eles, mas por conta dos parâmetros utilizados no processo de avaliação.
Já tive tantos problemas (assim como vitórias também) no meu casamento que um casal “perfeito” jamais poderia me ajudar, pelo contrário, me frustraria ainda mais. Eu louvo a Deus porque fui ministrada por pessoas comuns que erram (e são humildes para aceitar que não são perfeitos).
Eu não gosto quando ouço que na nossa igreja não tem pessoas para trabalhar nesta área, até porquê, acredito que há, ainda que de forma discreta, se a avaliação for justa, encontraremos sim, não casais perfeitos, mas dispostos a reconhecer que suas famílias também tem problemas e humildemente, deixam serem moldados por Deus e partilham daquilo que o Pai, pela sua misericórdia faz pelo homem e a mulher que se dispõe para tanto.
Nos parâmetros de avaliação para “classificação” de um casal ideal, eu temo que as ferramentas utilizadas altere o diagnóstico e conseqüentemente os resultados.
Modestamente, posso afirmar que o fato de falar bonito, ser usado por Deus no púlpito, ser simpático, feio, bonito,seus títulos no ministério e secular, sucesso profissional, afinidade com a igreja,humor...nada disso serve como parâmetro para tanto.

Penso que para uma liderança madura com casais, faz-se mister a lista do perfil do obreiro apresentada em 1 Timóteo 3, especialmente a recomendação de Paulo para que “GOVERNE BEM OS SEUS FILHOS E A SUA CASA”. Compreendo que este é um parâmetro chave de “avaliação”. Não podemos negar que há homens que dirigem igrejas com “braços de ferro”, MAS NO LAR, que é seu principal ministério, para com sua esposa que é uma só carne, não cumpre os mandamentos do mestre. Com os filhos, não tem domínio...
ENTRETANTO, observe, não é pecado, siga o exemplo do casal que:
1. COMPREENDEM E RESPEITAM A ALIANÇA FEITA COM DEUS ATRAVÉS DO CASAMENTO, BEM COMO OS BENEFÍCIOS DESTA;
2. COMPREENDEM O PLANO DE DEUS PARA O CASAL COMO UMA SÓ CARNE;
3. CADA UM CUMPRE O SEU PAPEL NO CASAMENTO EVITANDO INVERSÕES;
4. SEMEIAM AMOR, PERDÃO, FIDELIDADE, RESPEITO, EDUCAÇÃO DOS FILHOS...
5. EXERCITAM O PERDÃO;
6. DEMONSTRAM VISÃO DE FÉ E CONFIANÇA;
7. ORAM JUNTOS (NÃO SÓ NA IGREJA, OU NA FRENTE DOS OUTROS, MAS LÁ EM CASA ENTRE 4 PAREDES)...
8. BUSCAM SEMPRE CHEGAR A ACORDOS QUE GLORIFICAM O NOME DE DEUS;
9. FLUEM JUNTOS NO ESPÍRITO; UTILIZAM A MESMA FONTE ESPIRITUAL;
10. DEIXAM DEUS TRATAR DE QUESTÕES DA INTIMIDADE, DE MODO A BUSCAR A PUREZA SEXUAL E CONSEQUENTEMENTE, A SANTIDADE, ABRINDO MÃO DE QUALQUER DESEJO MESQUINHO E EGOISTA;
11. LUTAM JUNTOS NAS BATALHAS ESPIRITUAIS COM AS ARMAS INDICADAS POR DEUS;
12. OPTAM PELO ESTILO DE VIDA SANTO, NÃO COMPACTUANDO COM O QUE O MUNDO APRESENTA;
13. FALAM A MESMA “LINGUA’ NO MINISTÉRIO, RESPEITO MÚTUO ...
NÃO, não precisa atuar com perfeição nisso tudo, só precisa compreender o propósito de Deus e ter um coração humilde e aprendiz e, entender claramente o chamado do Mestre para a referida obra.

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

FATOR TEMPO E OS PROBLEMAS COTIDIANO

As vezes eu me sinto cansada de tantos afazeres: limpa casa, lava roupas , passa, troca o Davi, dá banho nele, ajuda a Sara a tomar banho, fazer tarefas, arrumar o quarto e, aí o Davi quer colo, quer chamego...ops
A van já vem buscar a Sara; meu Deus, o almoço...
A consulta das crianças...ah, tenho que adiar aqueles exames, pois é no mesmo horário da fisioterapia do Davi.
Opa, me lembrei que e esqueci da festa de aniversário do Cassius no sábado...também não deu tempo de comprar o presente do...
Eu sinto falta de postar algo novo nos meus blogs, a maioria das postagens não são corrigidas, não dá tempo nem de esperar o próprio computador fazer a correção!
Amanhã é folga do Deividh, ele quer que eu fique mais tempo com ele...tenho que dormir mais cedo também...
Segunda - feira tem reunião de oração dos Gideões Internacionais,
Sexta -feira tem culto, sábado e domingo também...
Ah , tenho que estudar pra escola dominical...
Estou devendo uma postagem pro Gustavo, um café com a minha vizinha, umas quantas visitas...
Nossa, eu tenho orado tão pouco, os problemas são tantos! Hoje, eu fiquei um bom tempo com um adolescente no MSN, ele quer ajuda, se envolveu com coisas que não devia...preciso orar por isso também, preciso convencê-lo a contar o ocorrido a seus pais, mas como? Estes, como a maioria dos pais, pensam que este tipo de coisa só acontece com os filhos dos outros...
MEU DEUS! Será que a Sara só vai nos contar algumas coisas ou fragmentos de acontecimentos como a maioria dos(das) adolescentes fazem?
Misericórdia Senhor! Será que meus filhos mentirão que estão estudando, quando na verdade estão em salas de bate-papo?
Será que serão capazes de fazer “carinhas de vítimas”, enquanto provocam os outros na internet?
E eu? E o Deividh? Estaremos abertos para aceitar que nossos filhos terão possíveis defeitos, ou seremos ingênuos ? Ou faremos vistas grossas para tais defeitos?
Uma coisa é certa! É mais fácil ver os defeitos dos outros do que dos nossos filhos, pois se admitirmos que nossa(o) garota(o) (“está FICANDO com os garotos(as) da igreja, do colégio”) , isto implica reconhecer que falhamos , OU, que não somos perfeitos.
MEU CLAMOR: Senhor nos ensina(eu e o meu esposo) a usar de misericórdia com nossos filhos quando eles errarem, entretanto, nos ensina a ser justos e JAMAIS OMISSOS!
Amados leitores, perdoem-me por este desabafo, é que estou triste e indignada com vários acontecimentos dos últimos dias. Não , não são desapontamentos com nossos filhos, (estes ainda são crianças). São desapontamentos com algumas pessoas que amamos e dedicamos boa parte do nosso tempo...são filhos "nossos"da sociedade!

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

UM CLAMOR PELAS CRIANÇAS DO HAMAS

Eu te convido a clamar comigo pelas crianças do mundo, ESPECIALMENTE pelas crianças do HAMAS.

O Hamas é uma organização radical palestina que não reconhece a existência do Estado de Israel e que, desde junho de 2007, controla a Faixa de Gaza. Hamas é a abreviatura para Harakat Al-Muqawama al-Islamia (Movimento de Resistência Islâmica).
O Hamas é, ao mesmo tempo, um partido político e um movimento militar, as Brigadas Qassam. São elas que organizam os ataques com mísseis contra Israel.
As origens do grupo remontam à Irmandade Islâmica, organização fundamentalista criada em 1928 no Egito. Com o início da primeira Intifada (insurreição, em árabe) contra Israel, em 1987, a Irmandade Islâmica criou um braço armado, o qual chamou de Hamas.
O Hamas é considerado uma organização terrorista pela União Europeia, pelos Estados Unidos, pelo Canadá, pelo Japão e, claro, por Israel.
Para muitos palestinos, entretanto, trata-se de uma organização beneficente, que presta ajuda e assistência nos lugares onde a Autoridade Nacional Palestina (ANP) falha.
Foi também graças à atuação do Hamas que foram inaugurados hospitais, jardins-de-infância, escolas e pontos de distribuição de sopa nos territórios em conflito, o que permitiu que a organização ganhasse amparo junto à parte pobre da população palestina.
O Hamas virou um partido político em 2005. Em janeiro do ano seguinte, venceu as eleições parlamentares palestinas, derrotando o Fatah e ficando com a maioria das cadeiras.

A PEDOFILIA DO HAMAS

Um evento de gala ocorreu em Gaza.


O Hamas foi o patrocinador de um casamento em massa para 450 casais. A maioria dos noivos estava na casa dos 25 aos 30 anos; a maioria das noivas tinham menos de dez anos.
Enquanto a imprensa exalta os "lutadores da liberdade do Hamas", os "rebeldes", ou então o PT e demais organizações de esquerda no Brasil dão apoio integral ao mesmo (conforme nota do secretário geral do partido, Valter Pomar durante a época do conflito), o mundo desconhece uma das histórias mais nojentas de abuso infantil, torturas e sodomização do mundo vinda do fundo dos esgotos de Gaza: os casamentos pedófilos do Hamas que envolvem até crianças de 4 anos. Tudo com a devida autorização da lei do islamismo radical.
A denúncia é do Phd Paul L. Williams e está publicada no blog thelastcrusade.org e é traduzida com exclusividade no Brasil pelo De Olho Na Mídia (ninguém mais na imprensa nacional pareceu se interessar pelo assunto).
O Centro Internacional Para Pesquisas Sobre Mulheres estima agora que existam 51 milhões de noivas infantis vivendo no planeta Terra e quase todas em países muçulmanos.Quase 30% destas pequenas noivas apanham regularmente e são molestadas por seus maridos no Egito; mais de 26% sofrem abuso similar na Jordânia. Todo ano, três milhões de garotas muçulmanas são submetidas a mutilações genitais, de acordo com a UNICEF. A prática ainda não foi proibida em muitos lugares da América.
A prática da pedofilia teria base e apoio do islã, pelo menos a sua leitura mais extrema e radical. O livro Sahih Bukhari (além do Corão, outra das fontes de grupos como o Hamas) em seu quinto capítulo traz que Aisha, uma das esposas de Maomé teria seis anos quando se casou com ele e as primeiras relações íntimas aos nove. O período de espera não teria sido por conta da pouca idade da menina, mas de uma doença que ela tinha na época. Em compensação, Maomé teria sido generoso com a menina: permitiu que ela levasse todos os seus brinquedos e bonecas para sua tenda.Mais ainda: talvez o mais conhecido de todos os clérigos muçulmanos deste século, o Aiatóla Komeini, defendeu em discursos horripilantes a prática da pedofilia:Um homem pode obter prazer sexual de uma criança tão jovem quanto um bebê. Entretanto, ele não pode penetrar; sodomizar a criança não tem problema. Se um homem penetrar e machucar a criança, então ele será responsável pelo seu sustento o resto da vida. A garota entretanto, não fica sendo contada entre suas quatro esposas permanentes. O homem não poderá também se casar com a irmã da garota... É melhor para uma garota casar neste período, quando ela vai começar a menstruar, para que isso ocorra na casa do seu marido e não na casa do seu pai. Todo pai que casar sua filha tão jovem terá assegurado um lugar permanente no céu. Para finalizar, não são só as meninas que sofrem com a violência por parte do hamas, há informações sobre espancamentos realizados contra meninos no mundo muçulmano para "estudarem melhor" - que incluem açoitamentos - escravidão de menores( há um vídeo a respeito no endereço do blog citado neste post) e a venda de meninas de 8 anos ou até menos como noivas no Sudão e em outras países da região. Tudo, com carimbo do islã radical:
Esta é a história que a mídia não conta, que o mundo se cala e não quer ver, ou que não querem que você saiba. Mas agora você está ciente, não tem mais jeito! Vai ficar calado? Cobre os veículos de mídia, aja! Se você não fizer nada, ninguém poderá salvar estas vítimas inocentes do inferno do Hamas e similares.

Publicado por De Olho na Mídia com o título A História Oculta do Mundo: a pedofilia do Hamas - http://www.deolhonamidia.org.br/Comentarios/mostraComentario.asp?tID=420

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

EU SOU FELIZ!!!


No post anterior eu descrevi um pouquinho da minha vida.
Hoje eu reconheço o quanto sou feliz e realizada.
Alguém me disse que é fácil ser feliz quando se tem um marido que é fiel a Deus, luta pela família, confessa até seus pensamentos nada nobres justamente por se arrepender dos mesmos.
Sinceramente eu louvo a Deus pela vida do meu marido, reconheço que é um verdadeiro sacerdote do nosso lar, busca a santidade e não abre mão da graça...
Mas tenho que dizer aos meus amados amigos e leitores que quando eu era solteira eu já era feliz.
Amo meus filhos, ser mãe é para mim a realização de sonhos. Meus filhos são saudáveis, lindos, inteligentes ...entretanto, afirmo com plena convicção que eu já era muito feliz antes de ser mãe.
A graduação e especialização que Deus me concedeu é para mim motivo de gratidão, me rendeu realização profissional e pessoal, todavia, antes disso eu já era feliz.
Sempre tive amigos sinceros independente das situações em que me encontrava, mas nenhum pode me fazer feliz...
Quando eu estiver morando na casa dos meus sonhos, serei muito feliz nela, isto garanto porque eu já sou feliz na casa pequena e simples que moro hoje.
Sou grata ao meu Deus por tudo que Ele me concede, amo suas criaturas e criações,mas, sei que meu amor maior é pelo CRIADOR .
Felicidade é contentamento, satisfação e, a palavra de Deus me diz através do rei Davi: “quanto a mim, contemplarei a tua face na justiça; eu me SATISFAREI da tua semelhança quando acordar”( Sl 17.15). O rei Davi sabia que acordaria, isto é, a vida após a morte, salvação, vida eterna, e isto é motivo elevado para sermos felizes.
Embora não seja pecado almejar bens materiais, casa, carro...,não são estes a fonte da felicidade genuína e plena: “ os tesouros da impiedade de nada aproveitam; mas a justiça livra da morte” (Pv10.2).
Muitas pessoas estão esperando casar para serem felizes, conseguir o emprego, a casa dos sonhos, esperam filhos para trazer-lhes felicidade...ledo engano, ninguém pode dar o que não tem. Se você não é feliz, será um fardo para quem conviver com você.
Conheço mulheres infelizes porque esperam que o marido ou os filhos preencham uma lacuna que só Deus pode preencher.
Há também as pessoas que medem a felicidade, a satisfação pessoal pelos bens materiais que podem ter.
Quando riquezas e/ou relacionamentos ocupam o topo da escala de valores, permitimos sobremodo que os prazeres e segurança financeira obscureçam o valor eterno do nosso relacionamento com Deus.
A verdadeira medida de felicidade só pode ser encontrada no amor de Deus e em fazer a sua vontade.
Você pode sim construir, ter bens materiais, bons relacionamentos, um casamento e família abençoados por Deus, mas, só será feliz quando seu relacionamento com Deus estiver acima das riquezas, conquistas e prazeres terrenos.

terça-feira, 1 de setembro de 2009

EU CREIO EM MILAGRES, EU SOU UM MILAGRE


Domingo passado na igreja, eu ouvi através de belas vozes, a linda canção:
Não consigo entender o que Tu vês em mim
Oh Senhor eu não sou o que devia ser
Mas só tu com amor me limpas de meu mal
Esse amor é que me ajuda a seguir.
Um milagre Senhor
Um milagre eu sou
Um milagre o Senhor
Tens feito em mim
Até findar meu viver
Dar-te-ei meu louvor
Um milagre o SenhorTens feito em mim.
Em caminhos de perdição andava eu
Mas com amor Tu traçaste um plano para mim
Respondeste minha oração de fé Senhor
Desde então só a ti, só a ti pertenço eu.
Um milagre Senhor
Um milagre eu sou
Um milagre o SenhorTens feito em mim
Até findar meu viverDar-te-ei meu louvor
Um milagre o Senhor
Tens feito em mim.
(UM MILAGRE SENHOR – PRISMA BRASIL).
Meu coração transborda de alegria sempre que penso no que Deus fez na e da miinha vida!
Quando eu nasci, quem fez o parto da mamãe foi uma parteira. Segundo o que me contam, nasci com parada respiratória. Em casa, num sítio distante da cidade, a parteira, sei lá como me reanimou...
Sou a 6º filha do casal, sendo o 5º um homem, (fora os bebês que nasceram mortos, parece-me que foram 2). Algum tempo depois de mim, minha mãe deu a luz a um menino que morrera dias depois. Quase 4 anos após meu nascimento, nasceu minha irmã caçula. Apesar da pouca idade me lembro de alguns transtornos tanto a mana como mamãe quase morreram...
Quando eu estava com 9 meses, meu pai recebeu a condenação de alguns anos de reclusão por homicidio, nunca mais voltou pra casa...
A fome, o medo e abandono marcaram minha infância.
Como vítima da exploração do trabalho infantil (trabalhos domésticos, babá, bóia-fria), por muitas vezes perdi a esperança, mas por algum motivo que eu não sabia, sempre recomeçava...
Aos 11 anos fugi de casa para a cidade mais próxima (cidade de Corbélia), fui morar em casa de família, voltei a estudar, ou melhor, voltei pra escola, porque estudar já não me interessava.
Não demorou muito para eu fazer parte de uma gang da cidade. Com 13, 14 anos era comum passar as noites nas danceterias, e claro, bebendo (bebidas alcóolicas variadas)...
Assinar advertências no colégio, era comum ,o interessante era ser participante dos mais populares do colégio...
Família? Eu não entendia o valor e como esta não preencheu minhas necessidades, eu a desprezava...
Deus??? Coitado dos que falavam Dele pra mim. É certo que eu participara das missas todo o período da minha infância, decorei todo o ritual, fiz primeira comunhão, crisma e tudo quanto era imposto. Me lembro que desde cedo, como eu aprendi ler antes de ir pra escola, então eu era atração na vizinhança uma vez que eu fazia a leitura nas novenas de natal e outros eventos religiosos mesmo antes de completar 6 anos de idade (naquele contexto saber ler era um luxo e poucos sabiam).
Participara das procições, dos terços em família...mas Deus? Eu lia este nome, só não o-conhecia. Além de não sentir Deus, eu pensava: como Ele poderia existir de fato e deixar que homens como o meu pai tirasse a vida de outros? Por que Ele deixava que passassemos fome?
No início da minha adolescência esta ideologia da não existência de Deus ganhou força em mim, então eu não tinha compromisso com este desconhecido Deus, nem com família, nem no colégio (porque neste eu era amiga e protegida de pessoas da referida gang que andavam armados, inclusive eu andei por alguns dias com um revólver na mochila). Com a família onde morava, eu fazia minhas obrigações, recebia muito mal por isso e me revoltava cada vez mais...
Eu convivia com pessoas que eram usuárias de drogas ilícitas e por alguma razão eu nunca aceitei, nem cigarro eu traguei.
Morei com garotas que se prostituiam para sobreviver, eu preferia trabalhar de diarista e vendedora ambulante, nunca compactuei com tal situação.
Aos 14, próximo aos 15 anos comecei a namorar. Nesta ocasião, meu coração dera os primeiros sinais de sentimentos por alguém, todavia, não dei muita importância e o relacionamento foi rompido. Pouco tempo depois eu vi na mão dele uma alinça de noivado, depois, a de casamento...
Meus irmãos, numa reunião de família decidiram que alguma coisa deveria ser feito a meu favor e como castigo, arrumaram “emprego para trabalhar de babá numa casa de família aqui na cidade de Cascavel...
A tal família era crente e eu praticamente era obrigada ir pra igreja. Que ironia! Isto ocorreu exatamente quando eu decidira “viver minha vida” pra valer...
O DEUS QUE EU NÃO CONHECIA ME ATRAIU
“pode uma mãe esquecer-se tanto do filho que cria, que se não compadeça dele, do filho do seu ventre? Mas, ainda que esta se esquecesse, EU, todavia, não me esquecerei de ti. Eis que, na palma das minhas mãos, te tenho gravado; os teus muros estão continuamente peranti mim” (Is 49.15).


É, de fato Deus não esqueceu de mim, me atraiu, me amou, curou minhas feridas!
Demorei um pouco para abrir meu coração, educadamente Ele respeitou-me!
Ainda na adolescência eu me aproximei do AMADO DA MINHA ALMA, então compreendi seus cuidados, recebi seu amor!
Mas por um período de tempo eu carregava nas lembranças, dores , desamores e desabores:
Das noites que dormi ao relento na companhia do vento;
Tantas vezes adormeci com a tristeza e acordei com a incerteza!
Inúmeras vezes perdi a esperança, ainda quando criança!
Mas sem tardar, eu aprendi me levantar, andar e recomeçar!
Um dia ouvi a nítida voz de Deus: “ESQUEÇA O PASSADO, GRANDES E BOAS COISAS TENHO PREPARADO PARA TI...”
Com o passar do tempo eu vi e contemplo se cumprir aquilo que o FIEL E JUSTO prometeu...
Eu creio em milagres!
EU SOU UM MILAGRE!

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

VOLTEI A SER PROFESSORA


Há alguns dias nosso filho Davi foi medicado com suspeita da temida gripeA, após tomar o tamiflu e muita preocupação, orações e noites mal dormidas, ele está ótimo, graças a Deus.
Por precaução, só ontem, a nossa princesa Sara (5 ANOS, 1º ANO) voltou para a escola. E nesse período, a professora dela mandou as atividades para casa e, então eu a acompanhei no desenvolvimento das mesmas.
Fiquei contente, por fazer algo que gosto, mas principalmente por poder avaliar a aprendizagem da Sara Danuta de forma concreta.
O diagnóstico desse processo:
Excelente leitura e escrita;
Surpreendente interpretação e compreensão;
Excelente relacionamento entre aluna e professora rsrsrs;
Modesta parte, ainda não tive uma aluna tão dedicada etc, etc...
Louvo a Deus pelo desenvolvimento cognitivo, emocional, motor...da Sara Danuta.
Agradeço ao meu Senhor pela oportunidade de acompanhá-la no desenvolvimento das atividades escolares, nas brincadeiras, no brincar, selecionar os programas de TV... esse tempo em casa (há um ano e 2 meses) é um presente maravilhoso que Deus me deu, embora eu tenha demorado um pouco para compreender isso.


EU TE EXALTAREI, Ó DEUS, REI MEU E BENDIREI O TEU NOME PELOS SÉCULOS DOS SÉCULOS E PARA SEMPRE...GRANDE É O SENHOR E MUITO DIGNO DE LOUVOR, E A SUA GRANDEZA INEXCRUTÁVEL”(Sl 145.2e3).

domingo, 23 de agosto de 2009

O QUE É INTELIGÊNCIA?


Esta semana me deparei com um versículo que diz que temos que conservar nossa inteligência, “...o que conserva a inteligência achará o bem” (Pv 19.8b).
Conservar: manter-se em bom estado (minidicionário Houaiss), logo entendemos que a nossa inteligência deve ser MANTIDA em bom estado.


Mas o que é inteligência?


Segundo o mesmo dicionário, inteligência é a capacidade de aprender e compreender.
Estes conceitos não são novos para mim, passei anos estudando sobre eles na faculdade, bem como “avaliando” educandos nas diversas áreas do saber.
O conceito de inteligência mais apregoado no âmbito educacional é definido por Haward Gardner (1985), psicólogo construtivista da universidade de Hervard. Para ele, inteligência é a habilidade do ser humano para resolver problemas ou criar produtos que sejam significativos em um ou mais ambientes culturais.
Em sua teoria Haward distingue 7 tipos de inteligência:
· Inteligência lingüística (sensibilidade para os sons, ritmos e significado das palavras e uma especial percepção das diferentes funções da linguagem);
· Inteligência musical (habilidade para apreciar e compor ou reproduzir uma peça musical, envolve sons, ritmos, texturas e timbre, produção ou reprodução de músicas);
· Inteligência lógico-matemática (sensibilidade para padrões, ordem e sistematização, raciocínio lógico, classificação etc);
· Inteligência espacial (capacidade para perceber o mundo visual e espacial de forma precisa, habilidade para manipular formas ou objetos mentalmente e a partir daí, criar, compor);
· Inteligência cinestésica ( habilidade de usar a coordenação motora grossa ou fina em esportes, artes cênicas ou plásticas, no controle dos movimentos do corpo na manipulação de objeto com destreza);
· Inteligência interpessoal (habilidade para entender e responder adequadamente a humores, temperamentos, motivações e desejos de outras pessoas);
· Inteligência intrapessoal (habilidade para ter acesso aos próprios sentimentos, sonhos e idéias para discriminá-los e utilizar na solução de problemas pessoais)...( vale ressaltar que mais tarde foi acrescentada na lista de inteligências de Haward, a inteligência naturalista, totalizando-se 8 tipos de inteligências).
Estas inteligências múltiplas assinaladas pela teoria de Haward comparadas com estudos atuais, tornam-se superficiais, haja visto que pesquisadores recentes em desenvolvimento cognitivo e da neoropsicologia sugerem que as habilidades cognitivas são bem mais e diferenciadas e bem mais específicas do que a acreditava Gardner.

Nós cristãos, especialmente pais e professores devemos reconhecer a contribuição dos estudos científicos sobre o desenvolvimento da inteligência, entretanto, acima de tudo devemos aprender com a escritura sagrada o que esta enfatiza sobre a inteligência.
Sabemos que inteligência é a capacidade de aprender, então compreendemos que a inteligência se aperfeiçoa e se ensina. Reconhecemos isto, uma vez que a Bíblia diz para ENSINAR a criança no caminho que ela deve andar...(Pv22.6), ainda em Pv2.3-5 consta que: “se clamares por conhecimento, e por INTELIGÊNCIA alçares a tua voz, se como a prata a buscares e como tesouros escondidos a procurares; Então entenderás o temor do SENHOR, e acharás o conhecimento de Deus”.
Portanto, acerca da inteligência, a ciência declara que é mais que uma, ou seja são múltiplas e precisam serem desenvolvidas.
A bíblia nos adverte a conservá-la a fim de achar o bem (Pv19.8); mas , só podemos conservar o que já temos.
Ainda, a bíblia nos orienta a clamar por inteligência, a valorizar esta com se valoriza a prata e sobremodo, devemos PROCURAR a inteligência como se procura por tesouros escondidos (Pv 2.3-5).
Então, a inteligência não é algo que simplesmente se apossa das pessoas, porém, estas devem estudar(áreas diversas),visando utilizar a palavra de Deus para confrontar teorias seculares,bem como adquirir conhecimento para desenvolver áreas específicas em nossas vidas.
É através da busca constante de conhecimento e sabedoria que podemos CONSERVAR a nossa inteligência.

Clamemos pois, por inteligência e entenderemos o temor do SENHOR (QUE É O PRINCÍPIO DA SABEDORIA) e acharemos o conhecimento de Deus.

domingo, 16 de agosto de 2009

FÉ OU TEIMOSIA?


De acordo com a bíblia, fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se vêem (Hebreus11.1).
Por sua vez, teimosia é “atitude de quem insiste firmemente em algo; obstinado” (minidicionário Houaiss).
Percebemos que há situações em nossas vidas que confundimos fé com teimosia.
A fé é algo que esperamos e se concretizará caso esteja em consonância com os propósitos de Deus. A fé não ignora a realidade, isto é, se eu preciso de uma cura, Deus pode sim me curar, “mas eu estou doente”.
Não vejo fé em afirmar que não estou com dificuldade quando na verdade, os problemas são reais na minha vida.
Penso ser teimosia de alguém que insiste em alcançar determinados objetivos que não condiz com a palavra de Deus em nome da fé.
Acredito que Deus tem propósitos definidos ao realizar nossas petições, propósitos estes que estão longe de “dar na cara de alguém”, simplesmente provar para alguém que conseguimos algo.
Nos primeiros anos da minha conversão, no final da minha adolescência, depois de um noivado interrompido, fiquei muito tempo com “fé” que ainda me casaria com o rapaz o qual fui noiva. Mais tarde eu compreendi que a minha teimosia estava longe de ser fé genuína, entretanto, não perdi mais tempo com tal obsessão porque um servo de Deus (atualmente pastor Israel dos Santos) teve coragem de me confrontar. É claro que no momento fiquei chateada com ele, pois como ousaria confrontar a minha “fé”?
Pode ser que Deus não tenha propósito que você pare de trabalhar fora no momento; ou, talvez Ele queira ver sua dedicação na obra Dele antes de lhe conceder o filho que você tanto quer; antes de mudar de emprego, há concertos a serem feitos no atual; ou ainda, antes de conceder a você a casa dos seus sonhos, Ele quer que você tenha um coração mais agradecido...
Há ajustes a serem feitos em sua vida, Deus está sondando seu coração, provando seus rins, anotando suas motivações.
Deus honra a nossa fé, todavia, não tem compromisso com nossa teimosia!
Deus supre as nossas necessidades, mas avalia as nossas vaidades!
Peça ao Senhor que lhe conceda discernimento entre fé e teimosia.
Quando há fé, seu coração enche de alegria antes de ver o resultado final.
A teimosia te faz sentir exaltado, orgulhoso com uma possível conquista.
E se você está confusa(o), sobre os teus desejos, peça sabedoria a Deus.
“Meus irmãos, tende grande gozo quando caíres em várias tentações. SABENDO QUE A PROVA DA VOSSA FÉ OPERA PACIÊNCIA. Tenha, porém, a paciência a sua obra perfeita, para que sejais perfeitos e completos, sem faltar em coisa alguma. E, SE ALGUM DE VÓS TEM FALTA DE SABEDORIA, PEÇA-A A DEUS, QUE A TODOS DÁ LIBERALMENTE, E O NÃO LANÇA EM ROSTO, E SER-LHE-A DADA (Tiago 1.1-5).

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

ANTAGONISMO CRISTAO


Ultimamente tenho refletido sobre antagonismos na vida de muitos cristãos.
Sinceramente eu me identifiquei em algumas situações e me proponho deixar o Espírito Santo sondar e transformar-me.

É impressionante como há cristãos que sabem que o diabo é o pai da mentira, entretanto, continua mentido e nomeando-as de “mentirinhas santas”.

Há quem prega com entusiasmo o fato de Sara ter engravidado na velhice, cremos nisso, todavia, quando tomamos conhecimento de alguma fiel serva do Senhor que engravidou do primeiro filho aos 40 anos ficamos escandalizados e até criticamos.

Pregamos eclesiastes 3 que há tempo para tudo, mas quando vemos uma jovem se aproximar dos 20, 25 anos que não está namorando, começamos a adverti-la que deve “ir atrás”, “que o rapaz não vai cair do céu” entre outras preocupações.
Muitos asseguram que querem viver para Deus, fazer a vontade Dele, contudo, não abrem mão de suas escolhas como: profissão, relacionamentos e outras.
É explícito também, situações em que cristãos apregoa a busca de santidade, todavia, participam no Orkut de comunidades profanas e no cotidiano “misturam” as coisas santas com as profanas, tudo em nome da modernidade.

Enquanto cristãos defendemos a pureza sexual, entretanto permitimos que nossas(os) filhas(lhos)usem roupas indecentes e expõe fotos sensuais na internet.

Criticamos o consumismo enquanto temos o desejo de colecionar sapatos,e se possível,colecionamos mesmo.

Pregamos que devemos amar a Deus sobre todas as coisas, e na realidade, gastamos mais tempo preocupados com nossos filhos do que louvando a Deus.

Admiramos as viagens missionárias do apóstolo Paulo e por vezes dizemos: ”eis nos aqui”, mas quando podemos colocar a mão no bolso para enviar algum dinheiro para missão ou dividir com o nosso irmão que precisa de auxílio, somos omissos justificando que não temos condições e passamos a responsabilidade a outros.

Pregamos ousadamente acerca da humildade, entretanto, não aceitamos exortação, nem admitimos que nossos filhos, pais ou outro familiar apresentem “falhas”.
· Consideramos - nos melhor que outros;
· Que somos mais espirituais;
· Que somos merecedores de bênçãos e assim por diante.

Condenamos a corrupção no senado e não damos os dízimos, sonegamos impostos, lesamos funcionários, não cumprimos horário no trabalho, deixamos de ofertar, etc.

E certamente encontraremos muito mais contradições se estivermos dispostos a nos examinar e principalmente se autorizarmos o Espírito Santo sondar nossas vidas!