terça-feira, 1 de setembro de 2009

EU CREIO EM MILAGRES, EU SOU UM MILAGRE


Domingo passado na igreja, eu ouvi através de belas vozes, a linda canção:
Não consigo entender o que Tu vês em mim
Oh Senhor eu não sou o que devia ser
Mas só tu com amor me limpas de meu mal
Esse amor é que me ajuda a seguir.
Um milagre Senhor
Um milagre eu sou
Um milagre o Senhor
Tens feito em mim
Até findar meu viver
Dar-te-ei meu louvor
Um milagre o SenhorTens feito em mim.
Em caminhos de perdição andava eu
Mas com amor Tu traçaste um plano para mim
Respondeste minha oração de fé Senhor
Desde então só a ti, só a ti pertenço eu.
Um milagre Senhor
Um milagre eu sou
Um milagre o SenhorTens feito em mim
Até findar meu viverDar-te-ei meu louvor
Um milagre o Senhor
Tens feito em mim.
(UM MILAGRE SENHOR – PRISMA BRASIL).
Meu coração transborda de alegria sempre que penso no que Deus fez na e da miinha vida!
Quando eu nasci, quem fez o parto da mamãe foi uma parteira. Segundo o que me contam, nasci com parada respiratória. Em casa, num sítio distante da cidade, a parteira, sei lá como me reanimou...
Sou a 6º filha do casal, sendo o 5º um homem, (fora os bebês que nasceram mortos, parece-me que foram 2). Algum tempo depois de mim, minha mãe deu a luz a um menino que morrera dias depois. Quase 4 anos após meu nascimento, nasceu minha irmã caçula. Apesar da pouca idade me lembro de alguns transtornos tanto a mana como mamãe quase morreram...
Quando eu estava com 9 meses, meu pai recebeu a condenação de alguns anos de reclusão por homicidio, nunca mais voltou pra casa...
A fome, o medo e abandono marcaram minha infância.
Como vítima da exploração do trabalho infantil (trabalhos domésticos, babá, bóia-fria), por muitas vezes perdi a esperança, mas por algum motivo que eu não sabia, sempre recomeçava...
Aos 11 anos fugi de casa para a cidade mais próxima (cidade de Corbélia), fui morar em casa de família, voltei a estudar, ou melhor, voltei pra escola, porque estudar já não me interessava.
Não demorou muito para eu fazer parte de uma gang da cidade. Com 13, 14 anos era comum passar as noites nas danceterias, e claro, bebendo (bebidas alcóolicas variadas)...
Assinar advertências no colégio, era comum ,o interessante era ser participante dos mais populares do colégio...
Família? Eu não entendia o valor e como esta não preencheu minhas necessidades, eu a desprezava...
Deus??? Coitado dos que falavam Dele pra mim. É certo que eu participara das missas todo o período da minha infância, decorei todo o ritual, fiz primeira comunhão, crisma e tudo quanto era imposto. Me lembro que desde cedo, como eu aprendi ler antes de ir pra escola, então eu era atração na vizinhança uma vez que eu fazia a leitura nas novenas de natal e outros eventos religiosos mesmo antes de completar 6 anos de idade (naquele contexto saber ler era um luxo e poucos sabiam).
Participara das procições, dos terços em família...mas Deus? Eu lia este nome, só não o-conhecia. Além de não sentir Deus, eu pensava: como Ele poderia existir de fato e deixar que homens como o meu pai tirasse a vida de outros? Por que Ele deixava que passassemos fome?
No início da minha adolescência esta ideologia da não existência de Deus ganhou força em mim, então eu não tinha compromisso com este desconhecido Deus, nem com família, nem no colégio (porque neste eu era amiga e protegida de pessoas da referida gang que andavam armados, inclusive eu andei por alguns dias com um revólver na mochila). Com a família onde morava, eu fazia minhas obrigações, recebia muito mal por isso e me revoltava cada vez mais...
Eu convivia com pessoas que eram usuárias de drogas ilícitas e por alguma razão eu nunca aceitei, nem cigarro eu traguei.
Morei com garotas que se prostituiam para sobreviver, eu preferia trabalhar de diarista e vendedora ambulante, nunca compactuei com tal situação.
Aos 14, próximo aos 15 anos comecei a namorar. Nesta ocasião, meu coração dera os primeiros sinais de sentimentos por alguém, todavia, não dei muita importância e o relacionamento foi rompido. Pouco tempo depois eu vi na mão dele uma alinça de noivado, depois, a de casamento...
Meus irmãos, numa reunião de família decidiram que alguma coisa deveria ser feito a meu favor e como castigo, arrumaram “emprego para trabalhar de babá numa casa de família aqui na cidade de Cascavel...
A tal família era crente e eu praticamente era obrigada ir pra igreja. Que ironia! Isto ocorreu exatamente quando eu decidira “viver minha vida” pra valer...
O DEUS QUE EU NÃO CONHECIA ME ATRAIU
“pode uma mãe esquecer-se tanto do filho que cria, que se não compadeça dele, do filho do seu ventre? Mas, ainda que esta se esquecesse, EU, todavia, não me esquecerei de ti. Eis que, na palma das minhas mãos, te tenho gravado; os teus muros estão continuamente peranti mim” (Is 49.15).


É, de fato Deus não esqueceu de mim, me atraiu, me amou, curou minhas feridas!
Demorei um pouco para abrir meu coração, educadamente Ele respeitou-me!
Ainda na adolescência eu me aproximei do AMADO DA MINHA ALMA, então compreendi seus cuidados, recebi seu amor!
Mas por um período de tempo eu carregava nas lembranças, dores , desamores e desabores:
Das noites que dormi ao relento na companhia do vento;
Tantas vezes adormeci com a tristeza e acordei com a incerteza!
Inúmeras vezes perdi a esperança, ainda quando criança!
Mas sem tardar, eu aprendi me levantar, andar e recomeçar!
Um dia ouvi a nítida voz de Deus: “ESQUEÇA O PASSADO, GRANDES E BOAS COISAS TENHO PREPARADO PARA TI...”
Com o passar do tempo eu vi e contemplo se cumprir aquilo que o FIEL E JUSTO prometeu...
Eu creio em milagres!
EU SOU UM MILAGRE!

9 comentários:

Marcia do Rafa disse...

Nossa... não preciso nem comentar este texto é tão claro e ao mesmo tempo tão profundo... Deus de milagres... Lindo testemunho! Deus simplesmente é... “Eu Sou o que Sou” e isto basta, Ele nos transforma e nosso testemunho demonstra quão grande é o Senhor... OH Glória...

Amiga ore pelo meu bebê desde quinta com febre estou levando ao médico preciso que diagnostiquem...

Loidy disse...

Que lindo testemunho!!!!! Me emocionei lendo. Cleonice, querida! Que o Senhor continue lhe ungindo, lhe inspirando o milagre q. é vc para que sejas milagre em outras vidas tbém. Um carinhoso abraço!!

Francielle Cristiane Silva disse...

Cleo, obrigado por compartilhar seu testemunho, muitos outros deveriam ler... é uma lição e uma grande prova do GRANDE AMOR DE DEUS PELO HOMEM!
Deus te abençoe e te sustente!!!
Beijos

De cara limpa! disse...

GLÓRIAS À DEUS PELO MILAGRE QUE VOCÊ É! Glórias à Ele por sua vida! Como é lindo ver o cuidado do Senhor não é amiga? Me comove saber do amor que Ele tem por nós... Tão falhos, tão cheios de nós mesmos... Ah como eu AMO esse Deus! Agradeço por Ele não ter desistido de ti, e ter nos dado a oportunidade de tê-la como benção nas nossas vidas pra GLÓRIA DO SENHOR!

Elyany Alves disse...

historia mt linda a sua, gostei mt!!
Senhor me faça forte pra poder continuar
A luta é minha vida não me deixe fraquejar
Me guie onde eu for, me livre do perigo
Do meu caminho afaste o inimigo

erina disse...

a palavra de DEUS mudou a minha vida e atraves dela tento mudar a vida de outras pessoas,e se todas as pessoas acreditassem nisso o mundo seria bem melhor.

Anônimo disse...

AMEM!!! QUE DEUS CONTINUE TE ABENÇOANDO SEMPRE E TOCANDO VIDAS ATRAVES DE SUA HISTORIA, MT LINDU MESMO.. A PAZ DO SENHOR JESUS...

miriam marcia disse...

Glória a Deus pela sua vida Cleo, Vc tem sido exemplo pra mim, e muitas vezes minha fé tem se fortalecido atravez da sua vida, pois tive o previlégio de conhece-la e ver Deus trabalhar em sua vida, Te amo amiga pra sempre.

Anônimo disse...

http://achatcialisgenerique.lo.gs/ cialis sans ordonnance
http://commandercialisfer.lo.gs/ cialis acheter
http://prezzocialisgenericoit.net/ costo cialis
http://preciocialisgenericoespana.net/ precio cialis