sexta-feira, 10 de abril de 2009

Minha Infância Na Semana Santa


A semana santa de minha infância,era de fato a semana mais santa do ano!
Como uma família católica encapada de religiosidade,nesta referida semana nem a casa poderia ser varrida!
Não podia comer carne, bem isso não era problema, pois nas demais semanas carne era milagre!

Chocolates no domingo de páscoa? Não sabia que isso existia!

Uma coisa eu sabia,é que Jesus morreu e ressuscitou, pois ouvia o padre, minha irmã mais velha e minha mãe falar.
Eu só não sabia quem era esse tal Jesus nem o que era ressurreição!

O que eu mais gostava da semana santa é que acredito ser a única semana do ano que eu não apanhava!

Todo sábado de aleluia, andávamos aprox. 8km a pé para chegar na igreja mais próxima, depois mais alguns km na procissão carregando uma vela acesa e seguindo alguém carregando uma cruz! Além de não compreender o porquê disso, ainda tinha a preocupação dos 8km de volta para casa a pé na escuridão da noite. Bem, as vezes a lua parecia um tanto amiga e clareava o caminho!

Aos 9 ou 10 anos talvez, mudamos para uma vila (Iguatu), próximo de uma velha igrejinha de madeira pintade de azul de onde muitas vezes ouvia vozes cantando: FOI NA CRUZ, FOI NA CRUZ ONDE UM DIA EU VI...

Aquelas palavras se recusava a sair da minha mente! Então, quando eu ia varrer o "terreiro"(era assim que denominavámos quintal) para minha mãe, eu me sentia livre para cantar em alto som aquelas frases que se recusavam a me deixar...

Lembro-me perfeitamente quando minha mãe chegava na velha janela de madeira e dizia para eu me calar que aquilo que eu estava cantando era hino de crente!

Nem a admoestação de minha mãe me fazia calar! ALELUIA! HOJE EU SOU LIVRE! LIVRE PARA SEMPRE; eu sei quem é Jesus, Ele morreu por mim e por você!

JESUS RESSUSCITOU! ALEGRAI-VOS POVOS DA TERRA! CONVERTEI-VOS A CRISTO, PORQUE SÓ ELE VOS PODE SALVAR!

Foi na cruz, foi na cruz
onde um dia eu vi
meu pecado castigado em Jesus;
Foi ali, pela fé, que os olhos abri,
E AGORA ME ALEGRO EM SUA LUZ...

2 comentários:

Anônimo disse...

Oi Cleo achei vc no blog da MArilia! Bom saber noticias suas, vc escreve muito bem. Que Deus continue abencoando vc ricamente. Karla Maria

Cleonice Luiza Moreira de Sá disse...

Oi Karla qu fico agadecida pelo seu comentário e felicissíma por saber que vc está bem!
Que saudade de vc!
Que saudade do Hadassa...lembro-me do seu sonho a respeito desse grupo que tanto abençoou minha vida no início da minha conversão e creio que muitas mulheres recebem bençãos até hoje através daquelas orações! Que Deus sobre ti levante o rosto e te dê paz...sempre, sempre...um forte abraço amada!