quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

CURA EDIFICAÇÃO DO LÍDER


Estudando o livro intitulado “Cura e Edificação do Líder” do Pastor Marcos de Souza pude traçar um diagnóstico da minha atuação como profissional, mãe entre outras funções que liderei algumas situações.
A minha preocupação com a formação de líderes na igreja a qual pertenço aumentou significantemente a partir do referido estudo.
Compreendi que o líder vem antes da liderança. “Não se pode esperar uma liderança eficiente de um líder deficiente”. (Marcos de Souza Borges).
Devo admitir que os modelos de liderança que tive na vida, nem sempre foram saudáveis, justos, logo há deformações a serem corrigidas.
Ao contrário do que acredita algumas pessoas, ninguém nasce líder, não existe esta coisa de liderança nata. Isto não está no livro em questão, é uma ressalva que faço aqui. Até o próprio Jesus não nasceu com as “aptidões” de liderança, foi ao longo dos anos que ia aprendendo, crescendo em graça e sabedoria.
Todo ser humano, em algum momento da vida lidera sobre alguém e assim por diante.
O problema mais grave é quando alguém ocupa a função de líder fora do tempo ou de modo errado, isto é, determinada pessoa pode ser uma ótima mãe (líder sobre o filho), se for no tempo certo, com a maturidade necessária, caso contrário, não terá condições de liderar, ser uma boa mãe.
E na obra de Deus ocorre um estrago muito grande quando alguns quesitos não são respeitados para a titulação de líder.
De acordo com o autor do livro em questão, se a pessoa tem o CARÁTER, O DOM, O CHAMADO e sabe ESPERAR O TEMPO DE DEUS, com certeza a unção estará sobre o líder, entretanto, se faltar um destes quesitos, haverá estrago e confusão.
O autor apresenta uma equação que representa os componentes da posição de autoridade.
As variáveis são as seguintes: posição= Caráter+ Dom+Chamado+Tempo. Na falta de uma destas variáveis o desequilíbrio é inevitável.
Veja a equação:
Posição sem caráter = IRRESPONSABILIDADE. “vai reproduzir pessoas moralmente debilitadas. Comprometendo-se o crescimento qualitativo. QUANTIDADE SEM QUALIDADE é multiplicar os problemas.

Posição sem Dom = INEFICIÊNCIA. “vai gerar fracasso; muito esforço com pouco resultado. Compromete-se a identidade vocacional, multiplicando frustração.
Posição sem chamado = VIOLÊNCIA. “vai gerar divisão. Se você está ocupando uma posição que Deus não deseja, estará atropelando alguém e gerando infortúnios para o meio.
Posição sem o tempo de Deus= IMATURIDADE E SOBERBA. “vai gerar atitudes infantis e arrogantes que podem custar caro.
Ressaltei aqui apenas uma partícula do que o livro em apreço propõe e expõe, porém, seu conteúdo vai muito além. Penso que todo líder servo deveria se ocupar no estudo dele.
Mediante o exposto e o não exposto nestas simples linhas, me proponho a pedir sabedoria do alto para nossos líderes e conscientização a cerca da formação de liderança.
Clamo para que as decisões precipitadas ou arrogantes de homens não atropele os planos de Deus para a obra que é Dele.
Peço a Deus que não deixe os futuros líderes subir nem um degrau antes do tempo determinado por Ele.
Que nenhuma etapa do processo de aprendizagem e formação do caráter seja queimada ou desprezada.
Vale lembrar que Davi não foi escolhido rei no momento, no auge da sua fama, quando matou o gigante. Davi foi ungido rei quando modestamente apascentava ovelhas, quando não era visto como capacitado diante dos homens, Davi foi escolhido no oculto, no secreto, nos planos de Deus.
Não, Davi não assumiu a função de rei subitamente, levou tempo suficiente para a maturidade necessária.
Ah Senhor Deus, dono da obra e inventor do tempo, nos capacita a te obedecer e respeitar o seu tempo e o seu modo.
Nos ensina a ser servos, pois é para servir que fomos chamados.

2 comentários:

Marcia do Rafa disse...

é como eu sempre comento não adianta quantidade sem qualidade... Ai meu Deus que frutos tenho gerado??? Prefiro gerar 1 com qualidade do que 1000 frutos podres... Misericordia de mim Senhor!

Nério Júnior disse...

Vou ler o livro!