sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Ponto de Decisão

Eu descobri em mim mesmo desejos os quais nada nesta Terra pode satisfazer.
A única explicação lógica é que eu fui feito para outro mundo.
C.S. Lewis

Esta semana  voltei a me encantar com o livro “Deus Em Questão – C.S Lewis e Freud”( Por Armando M. Nicholi, Jr), uma verdadeira  joia  para mim.
A surpreendente comparação entre a visão de mundo de Freud e a de C.S. Lewis nos remete a uma reflexão sobre questões como: Deus, amor, sexo e o sentido da vida.
Dois intelectuais do século 20, ateus confessos, mentes brilhantes, estes homens levantam questionamentos importantes sobre questões que de algum modo, em algum momento já povoou a nossa mente.
Um deles, tem um encontro com o Criador, a partir de então, ambos levantaram novos argumentos a cerca de Deus, um, a favor e o outro, contra.
Além das questões em debate, a leitura cuidadosa dessa grande obra nos leva a entender que temos liberdade de fazer escolhas nas nossas vidas. Deus nos dá essa liberdade.
Podemos no encontrar verdadeiramente com o Criador como aconteceu com C.S Lewis e deixar nossos fardos aos pés de Cristo, ou podemos continuar nos debatendo até o fim, como optou Freud.
C.S Lewis, em seus depoimentos, afirma ter vivido a sua conversão após ler o novo testamento.
Enquanto Freud, segundo a história, nasceu em um lar cristão, aprendeu ler em casa, na Bíblia.
Esta experiência no mostra que muitas vezes estar na igreja, ser de um lar cristão e até professar uma fé não é sinônimo de  conversão.
Ambos fizeram escolhas diferentes sobre a mesma questão.
Quanto a nós, também temos escolhas a fazer todos os dias, sobre diversas situações e a decisão é nossa.
Podemos continuar refens do passado ou podemos escrever uma nova história de liberdade em Cristo.


C.S Lewis e Segmund Freud, quem são?

C.S. Lewis

Clive Staples Lewis, mais conhecido como C.S. Lewis (1898 – 1963) foi um autor e escritor irlandês, conhecido por seu trabalho sobre literatura medieval, palestras, e escritos cristãos. Tambem é conhecido pela serie de livros "As crônicas de Nárnia".

C.S Lewis entrou aos 18 anos no University College, em Oxford, porém seus estudos foram interrompidos pelo serviço militar na Primeira Guerra Mundial, e em 1918, retornou a Oxford. Durante a II Guerra Mundial, C.S. Lewis tinha suas palestras transmitidas pela rádio e por seus escritos, sendo chamado de "apóstolo dos céticos", especialmente nos Estados Unidos, suas palestrastambém eram tocadas na rádio BBC, de Londres.

C.S. Lewuis vendeu mais de 200 milhões de cópias dos 38 livros escritos, os quais foram traduzidos para mais de 30 idiomas, e a serie Crônicas de Nárnia virou um grande filme de Walt Disney.

Freud

Sigmund Freud, foi um médico neurologista judeu-austríaco, fundador da psicanálise.[2] Freud nasceu em Freiberg, na época pertencente ao Império Austríaco; atualmente a localidade é denominada Příbor, na República Tcheca.[3]

Freud iniciou seus estudos pela utilização da hipnose como método de tratamento para pacientes com histeria. Ao observar a melhoria de pacientes de Charcot, elaborou a hipótese de que a causa da doença era psicológica, não orgânica. Essa hipótese serviu de base para seus outros conceitos, como o do inconsciente.[4] Freud também é conhecido por suas teorias dos mecanismos de defesa, repressão psicológica e por criar a utilização clínica da psicanálise como tratamento da psicopatologia, através do diálogo entre o paciente e o psicanalista. Freud acreditava que o desejo sexual era a energia motivacional primária da vida humana, assim como suas técnicas terapêuticas. Ele abandonou o uso de hipnose em pacientes com histeria, em favor da interpretação de sonhos e da livre associação, como fontes dos desejos do inconsciente( Wikipédia).



3 comentários:

Patrícia Angélica Gonçalves Pereira disse...

Cleo, "Todos os caminhos levam à Deus! Pena que alguns resolver para no meio do caminho..."
Bjs

Cleonice Luiza Moreira de Sá disse...

Disse-lhe Jesus: Eu sou O caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.
João 14:6


É Patricia, muitos abandonam Jesus e assim param no meio do Caminho...é triste isso, pois Jesus é O único Caminho que nos leva à Deus!

BJOS

M.Maria M. Coutinho disse...

Cleo, citei vc e vai passar sabado!! rs tarobá as 13:50 Na moda...rs bjo