quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Quantos Filhos Devemos Ter?

Na semana passada, a pedido do meu médico GO, fui me consultar com uma endoclinologista, levei alguns exames para que ela avaliasse os resultados ...meu esposo entrou junto no consultório...
A médica nos cumprimentou  e nos mandou sentar e já começou a colher os meu dados, até aí tudo bem, porém  o que me intrigou foi a forma da abordagem. Ela olhou para minha barriga e me perguntou: é seu primeiro filho? Eu respondi: é o terceiro. Aí ela com cara de espanto me perguntou:  os dois primeiros são meninas ou meninos? Eu respondi: tenho um casal.
Com cara de mais espanto ainda ela olhou para o meu esposo e perguntou: então dessa vez foi um acidente? Meu esposo com toda calma começou a responder e eu como sempre atravessei na frente (ai que feio, odeio fazer isso, mas quando vejo...) dissemos a ela: NÃO foi acidente, foi planejado...
Diante da resposta ela ficou sem graça e argumentou que hoje em dia é difícil ter mais que um ou dois filhos, tudo é caro etc...
Pois bem, a visão da referida médica retrata o pensamento de grande parte da sociedade pós -moderna, só deve ter o terceiro filho se os dois primeiros forem do mesmo sexo, caso contrário só se for acidente.
Não sou ingênua de pensar que é fácil ter e educar filhos atualmente, também não compactuo com muitas mulheres que dizem que não tem nenhum problema na gravidez...que ama TUDO na gestação . Não, eu amo estar grávida mas admito que passo por muitos desconfortos e limitações como enjoos, preocupação se vai dar tudo certo...e quando vai chegando ao fim da gestação conto os dias para a chegada do bebê e, olha que não é só pra ver o rostinho dele não, é que sinto meu corpo cansado mesmo...entretanto, nenhum desconforto é maior que a alegria de gerar e sair vida, da minha vida...
Possivelmente pararei no terceiro filho mas confesso que meu sonho sempre foi ter quatro, todavia,  não são os meus sonhos que quero que realizem e sim, os sonhos de Deus para minha vida.
Eu respeito aquelas pessoas que não optam por ter filhos, ou querem só um ou dois, porém a questão é a seguinte, será esta a vontade de Deus?
Será que não deveríamos perguntar ao autor da vida, quantas vidas Ele quer formar através de nós?
Quantas heranças Ele quer nos confiar? Será que não é egoísmo quando não queremos mais um filho (para não sofrermos) e aí criamos filhos únicos sem irmãos para brincar, brigar, compartilhar, se visitar...?
Outro fator que utiliza-se para justificar a ausência de filhos é a situação financeira (e faz sentido em muitos casos)agora de uma coisa eu tenho convicção , por mais que eu deseje uma casa grande, linda e confortável eu não troco minha casebre com brinquedos para todos os lados e barulhos e vestígios  de crianças POR nenhuma mansão impecável com tudo no lugar e um silencio profundo!
Ainda penso na população que está envelhecida, se continuarmos com medo, sem querer sofrer gerando filhos, quem serão os pregadores, ministro de louvor, missionários do futuro?


 Coroa dos velhos são os filhos dos filhos; e a glória dos filhos são seus pais. 


"Herança do Senhor são os filhos; o fruto do ventre, seu galardão" (Salmo 127:3).
 ferida m
m ou dois filhos, tudo vessei na frente (ai que feio, odeio fazerpergntou

3 comentários:

Marcia do Rafa disse...

Mas credo! Isso é amar mais as coisas do que as pessoas.

Claudiana Reis disse...

Parabéns Cleonice, concordo plenamente, tenho duas meninas e estou na terceira gestação, nenhuma foi planejada, porém muito desejadas. As pessoas pós modernas são muito egoístas, casa, móveis, imóveis, luxo, carro novo... tudo está em 1º lugar, menos a alegria de uma vida fraterna e de uma casa cheia de luz e vivacidade.
Que Jesus continue te abençoando!!!

ALEXANDRA disse...

QUE BELA LIÇAO DE VIDA TENHO 1 FILHO E SOU LOUCA POR MAIS UM MEU ESPOSO ACHO QUE EH TUDO DIICIL E CUSTO ALTO
PARA EDUCAR E TUDO MAIS , ESPERO SER
ABENÇOADA COM OUTRO BEBE LOGO E VOCÊ
ME INSPIROU MAIS AINDA .