sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Ainda Há Bálsamo Em Gileade?

Sabe amiga, eu queria hoje voar até você e levar na bagagem, bálsamo de Gileade.
Sim , e banhar teu coração no bálsamo curador e te abraçar forte...
Sem palavras, clamar pela graça do Pai, graça restauradora...
E mais tarde, sentar com o Livro dos livros e destacar para ti todas as passagens que fala de ESPERANÇA...
Sei que estás no vale, mas não é apenas um vale...É UM VALE NO DESERTO!
Eu não sei a dimensão da sua dor, mas de uma coisa eu sei...
Eu sei que a chuva temporã vai cair e do mesmo modo a chuva serôdia!
É verdade que não sentes o chão sob os teus pés...mas creia, a ausência da firmeza do chão é porque estás nos braços do Pai! Ele está te carregando!
Há coisas que não entendemos...
Eu não sei porquê os valentes caem, entretanto, eu sei que Deus levanta os valentes!
Outra coisa que sei, é que no fim há começo...
José do Egito nos provou isto, não há prisão que dure para sempre!
Para muitos, era o fim de Daniel na covas dos leões, mas Deus sentenciou um COMEÇO...
O diabo disse a Ester no tempo de escravidão: "É o fim!" e Deus disse: "É o começo transformar-te-ei na rainha dos Medos e Persas."
Ainda poderíamos falar de Moisés; de João exilado na ilha de patmos...
De Jonas na barriga de um peixe...
Dos três homens lançados na fornalha ardente...
E até o nosso Jesus morto na cruz...SIM, alguém sentenciou o fim do nosso Rei... todavia, Deus decretou a vida, a nossa salvação através de tão grande dor!!
A vitória vem, mesmo que pareça que é o fim...
Deus é Fiel, Fiel a ti...”
Ainda que questiones como Jeremias: "Não há bálsamo em Gileade? Não há médico? Por que será, então, que não há sinal de cura para a ferida do meu povo?" (Jeremias 8:22)
Mas Alguém lhe responde: Jesus Cristo diz: "Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso" (Mt 11:28). Quem se encontra com Ele encontrará a cura.
Há sim, há bálsamo em Gileade!

2 comentários:

Deividh de Sá disse...

O que tenho a dizer são duas coisas: uma é que estarei orando, sempre orando. Outra é que, por mais que não esteja se vendo saída, há de fato a esperança. Eu consigo ver. Eu posso dizer que tenho certeza que vejo a vitória após o deserto. Toda vale é assim, precisa-se cavar (e as vezes bem fundo) para brotar água e fazer do local um verdadeiro manancial. Deus lhe abençõe e conte com nossa ajuda.

Patrícia Angélica Gonçalves Pereira disse...

Cleo,
Que Deus dê conforto e esperança!
Tenha fé e mantenha a oração!
Bjs